O Theatro Municipal do Rio de Janeiro anunciou o adiamento da estreia da ópera “Orfeu e Eurídice”, de Christoph Gluck, orginalmente marcada para domingo (3/7). Por conta da paralisação das atividades do funcionários, devido ao atraso no pagamento dos salários por conta do Governo do Estado, as sessões do espetáculo estão suspensas por tempo indeterminado.

(Foto: Reprodução / Internet)
(Foto: Reprodução / Internet)

Em nota oficial enviada à imprensa, a Fundação Teatro Municipal afirma: “Logo que os vencimentos forem depositados, serão divulgadas as novas datas da estreia e demais récitas. Oportunamente, o Setor de Informações do Theatro Municipal entrará em contato com os assinantes a fim de transferir seus ingressos ao calendário que será anunciado”.

A crise econômica do estado também já motivou cancelamentos e mudanças na programação do Theatro Municipal neste ano. Os funcionários sem pagamento estão paralisados desde o dia 23, e fizeram o possível para não atrapalhar a temporada. Jesuína Passaroto, presidente da Associação dos Músicos da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, disse que não se trata de uma greve, porque a vontade é de trabalhar, mas as pessoas simplesmente não têm mais dinheiro.