Com alguma demora, finalmente se torna pública a lista de indicados ao PrêmioZilka Sallaberry, que está em sua 11ª edição, reconhecendo os melhores do teatro infantil. Desta vez, há uma novidade: além da avaliação da programação carioca, o júri também considerou as produções que fizeram temporada em Niterói, expandindo o leque de concorrentes.

Os líderes de nomeações são os espetáculos “A Gaiola”, atualmente em cartaz no Teatro Ipanema, e “Tãotão”, que fez temporada no Teatro O Tablado. “A Gaiola” recebeu 10 indicações e “Tãotão” nove. Ambos disputam as principais categorias: melhor espetáculo, texto e direção.

“A Gaiola”: dez indicações (Foto: Guga Melgar)

O júri é formado por Carlos Augusto Nazareth, Diego Molina, Fabiana Valor, Leonardo Simões e Zé Helou.

Confira a lista completa de nomeados:

MELHORES ESPETÁCULO – RIO DE JANEIRO
– A Gaiola
– Casa Caramujo
– Marrom, nem preto nem branco?
– Por que nem todos os dias são dias de Sol?
– TãoTão

MELHORES ESPETÁCULO – NITERÓI
– João e Maria
– Memórias de um pequeno grande príncipe
– Omi, do leito ao mar
– Orfeu, o menino que sonhava em samba.
– Um conto de Fado Padrinho

TEXTO
– Adriana Falcão e Eduardo Rios – (baseado na obra de Adriana Falcão) – A Gaiola
– Gustavo Bicalho – Por que nem todos os dias são dias de Sol?
– Pedro Henrique Lopes – O menino das Marchinhas Braguinha para crianças
– Pedro Kosovski – TãoTão
– Renata Mizrahi – Marrom, nem preto nem branco?

DIREÇÃO
– Cacá Mourthé – TãoTão
– Duda Maia – A Gaiola
– Gustavo Paso – Casa Caramujo
– Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves – Por que nem todos os dias são dias de Sol?
– Wanderson Rosceno – Tagarelando

ATRIZ
– Bárbara Abi-Rihan – Tagarelando
– Carol Futuro – A Gaiola
– Julia Stockler – TãoTão
– Marcela Galvão – Fabulices
– Priscila Assum – Filhote de Cruz Credo

ATOR
– João Lucas Romero – Filhote de Cruz Credo
– Juliano Antunes – O Fabuloso
– Marcio Nascimento – Casa Caramujo
– Orlando Caldeira – Boquinha… E assim surgiu o mundo…
– Pablo Áscoli – A Gaiola

CENÁRIO
– Cachalote Mattos – O alfaiate de palavras
– João Modé – A gaiola
– Lídia Kosovski – Experiência Yellow
– Lídia Kosovski – TãoTão
– Luciana Anselmi e Gustavo Paso – Casa Caramujo

FIGURINO
– Fernanda Sabino e Henrique Gonçalves – Por que nem todos os dias são dias de Sol?
– Flávio Souza – A gaiola
– Lidia Kosovski – TãoTão
– Luciana Alnselmi – Casa Caramujo
– Valério Bandeira – Omi, do leito ao mar

ILUMINAÇÃO
– Aurélio de Simoni – TRA-LA-LÁ
– Felipe Lourenço – TãoTão
– Paulo Cesar Medeiros – Casa Caramujo
– Poliana Pinheiro e Rodrigo Belay – Por que nem todos os dias são dias de Sol?
– Renato Machado – A Gaiola

MÚSICA
– Trilha original e letra das músicas: Rico Viana, Eduardo Rios e Adriana Falcão – A GAIOLA
– Trilha original: André Poyart – CASA CARAMUJO
– Direção musical: Marcello Sader – UM CONTO DE FADO PADRINHO
– Direção Musical: Pedro Nêgo – TÃOTÃO
– Direção musical e arranjos: Marcelo Rezende – TRA LA LÁ

PRODUÇÃO
– Bita e a imaginação que sumiu – Produtores Associados: Bianca de Felippes e Gabriel Bortolini
– A Gaiola – Palavra Z Produções Culturais
– Por que nem todos os dias são dias de Sol? – Artesanal Cia de Teatro
– TãoTão – MCM Produções Artísticas Ltda e O Tablado
– Tra-la-lá – Diálogo da arte produções culturais

MENÇÃO HONROSA
– Jogo ! – linguagem do clown – pelo trabalho de experimentação, atuação e pesquisa; Grupo Bando de Palhaços
– Pé de cachimbo – linguagem da dança – pela qualidade do espetáculo de teatro-dança dedicado ao público infantil; – Vivá cia de teatro
– Bruno Dante e Márcio Nascimento- linguagem de animação – pela excelência da confecção e manipulação
(“Por que nem todos os dias são dias de Sol?”, da Artesanal Cia de Teatro)

PRÊMIO ESPECIAL
Pela atuação significativa por mais de uma década promovendo visibilidade e credibilidade de espetáculos infantis
– LUCIA CERRONE (JB)
– MANYA MILLEN (O GLOBO)
– RICARDO BRITO pela criação e coordenação do Prêmio Coca Cola de Teatro Infantil – fator determinante na qualidade do teatro para crianças

HOMENAGEM ESPECIAL
– SUELY FRANCO pelo apoio incondicional ao Prêmio Zilka, desde o lançamento até a décima edição, somando seu prestígio ao prêmio e ao teatro para crianças.