O espetáculo “Estranhos.com”, produzido e protagonizado por Deborah Evelyn (de “A Hora Amarela”) no Brasil, é a tradução de “Sex With Strangers”, peça escrita pela americana Lara Eason, uma das roteiristas da série de TV “House of Cards”. A história gira em torno do encontro de uma professora de literatura, que desistiu da carreira de escritora, e um blogueiro de contos eróticos, que se tornou autor best-seller. “Sex With Strangers” é o título do livro dele, narrando justamente suas histórias de sexo com desconhecidas: um sucesso com seus milhares de seguidores. Já o livro dela, mais madura, não teve grande atenção da mídia e do público, o que a fez passar a escrever apenas para si, ainda que seja bastante talentosa.

(Foto: Lenise Pinheiro)

No elenco, são apenas Deborah Evelyn e Johnny Massaro (de “Cara de Fogo”). A dupla contracena em um funcional cenário de madeira, assinado por Marcelo Escuñuela, que simboliza uma pousada no meio do nada, na maior parte do tempo, com a luz eficaz de Tomás Ribas. Os figurinos, de Carla Garan, são menos potentes, mas Deborah – em ótima atuação – se apropria bem de seu casaquinho para a construção do gestual de sua personagem. O espetáculo mostra, a partir do encontro do casal, um contraste de gerações, diferentes relações com a tecnologia, com a exposição e o julgamento alheio. A vivacidade que Johnny imprime para seu papel é sábia. A direção de atores é impecável, na verdade: ótimo trabalho de Emílio de Mello (de “Deus da Carnificina”). Deborah e Johnny, além de tudo, têm muita química.

O título brasileiro da peça, “Estranhos.com”, acaba por indicar algo mais tecnológico do que é, o que pode se comunicar mal com o público potencial. As questões de blogs, autopublicação literária na Internet, seguidores, haters e tudo o mais aparecem como pano de fundo dramatúrgico. A encenação até coloca os atores para manusearem dispositivos como smartphones, tablets e notebooks em cena, mas sem grande efeito no todo. É uma montagem tradicional, no fim das contas. Nada high-tech. Há nítida valorização do elemento humano. Ao invés de encontros de desconhecidos na Internet, como o nome pode levar a concluir, a peça trata de literatura, escrita, autoconfiança, superação, mercado, obra e produto. É interessante como ambos os personagens se afetam: ele incutindo coragem nela, e ela inspirando-lhe uma busca por maior substância.

A dramaturgia é bastante atual e dialoga com uma série de exemplos no Brasil e no mundo. O repertório da plateia traçará suas correlações. “Estranhos.com” é indicado, sobretudo, para quem escreve – seja profissionalmente ou amadoramente. Traz importantes reflexões sobre a própria atividade nos dias de hoje.

Por Leonardo Torres
Pós-graduado em Jornalismo Cultural e mestrando em Artes da Cena.

(Foto: Lenise Pinheiro)

Ficha técnica
Texto: Laura Eason
Tradução: Sergio Flaksman
Direção: Emílio de Mello
Elenco: Deborah Evelyn e Johnny Massaro
Cenário: Marcelo Escuñuela
Figurinos: Carla Garan
Iluminação: Tomás Ribas
Trilha musical: Ivo Senra
Direção de produção: Dadá Maia
Relações Públicas/ Convidados: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho
Assessoria de imprensa: Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho
Uma produção: Deborah Evelyn e Monica Torres

_____
SERVIÇO: sex e sáb, 21h; dom, 20h. R$ 70 (sex) e R$ 80 (sáb e dom). 80 min. Classificação: 14 anos. Até 2 de julho. Teatro das Artes – Shopping da Gávea – Rua Marquês de São Vicente, 52 – Gávea. Tel: 2540-6004.