O diretor Daniel Herz (de “O Pena Carioca”) estreia um espetáculo inédito no próximo dia 17, no Centro Cultura Banco do Brasil (CCBB), no Centro. É “Tudo o Que Há Flora”, primeiro trabalho da Nossa! Cia. de Atores, formada pelos atores Leila Savary (de “O Pena Carioca”), Lucas Drummond (de “O Menino das Marchinhas – Braguinha Para Crianças”) e Thiago Marinho (de “Elis, a Musical”), que idealizaram o projeto e estarão em cena na peça, cujas temáticas são solidão e incomunicabilidade no mundo contemporâneo.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A história é simples: a dona de casa Flora cumpre seu ritual diário à espera do marido para o almoço, quando é surpreendida pela invasão de dois homens em seu apartamento. Discussões e revelações acontecem em meio à tensão gerada pela iminente chegada do marido, o que leva Flora a se reencontrar com um passado que ela luta para esquecer. Aos poucos, o que parecia a história de amor de um casal feliz revela um lado sombrio. Para Leila, o espetáculo trata de como as pessoas tentam esconder a solidão e suas imperfeições por trás de uma suposta normalidade, conversando sem se ouvir.

– Os temas abordados aqui me tocam muito, me movimentam como artista. – diz o diretor Daniel Herz, que aceitou o convite da companhia prontamente – Somado a isto, trata-se de um texto novo, desenvolvido na linguagem do teatro do absurdo, que adoro, e idealizado por três jovens atores talentosos. Eu, aliás, me vi neles quando comecei, porque sempre digo aos jovens atores para que tenham projetos e não fiquem esperando até um diretor desejá-los. E eles fizeram exatamente isso, o mesmo que eu fiz quando tinha 18 anos.

O texto da peça é assinado pela roteirista Luiza Prado, da série “Vai Que Cola” do Multishow. A dramaturgia foi inspirada no conto “Dora, uma mulher sem sorte”, do jornalista Théo Drummond, avô de Lucas. No elenco, há ainda um quarto nome, Jorge Medina (de “Otelo da Mangueira”), convidado pelo diretor para interpretar o marido da Flora. “Eu aceitei fazer esta peça pelo convite que recebi do diretor Daniel Herz, a quem admiro, acredito e confio plenamente, e pelo elenco talentoso, generoso e equipe gostosa de se trabalhar”, diz.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

_____
SERVIÇO: qui a dom, 19h30. R$ 20. 60 min. Classificação: 12 anos. Até 17 de julho. Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB – Teatro III – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro. Tel: 3808-2020.