Importada da Inglaterra, a peça “O Jornal – The Rolling Stone” estreia nesta semana no Teatro Poeira, em Botafogo, com direção de Lázaro Ramos (de “Namíbia, Não!”) e Kiko Mascarenhas (de “Tistu, o Menino do Dedo Verde”). Para esquentar o início da temporada, a produção realizou uma sessão fechada para convidados na véspera do feriado, na quarta (1º/10), com direito a muitos elogios e uma apresentação do grupo Não Recomendados no final. Nomes como Claudia Netto (de “Vamp – O Musical”), Wladimir Pinheiro (de “Zeca Pagodinho – Uma História de Amor ao Samba”) e Luis Miranda (de “7 Conto”) estiveram presentes.

O espetáculo trata de uma lei anti-gay da Uganda, na África, que persegue, aprisiona e até mata pessoas por atos ou suspeitas de homossexualidade. Na história, um jovem ugandês de família religios se apaixona por um médico irlandês e os dois mantêm a relação em segredo, até que suas fotos e seus nomes são publicados na primeira página do jornal, em uma lista de “pecaminosos” a serem caçados. Para tornar a situação ainda mais desesperadora e dramática, o irmão do garoto é o pastor da igreja e precisa dar o exemplo para a comunidade.

(Foto: Leonardo Torres)

– O Diego Teza, o tradutor, é um pesquisador de vários textos internacionais e apresentou a tradução para o Kiko Mascarenhas, que leu, achou maravilhoso e me mostrou nas gravações do “Mister Brau”. Eu li e falei: “vamos montar juntos?”. É um texto que achei importante trazer para a cena brasileira, porque traz temáticas muito atuais, com a carpintaria teatral de grande qualidade. – Lázaro diz ao Teatro em Cena – Acho que essa peça é um alerta de uma situação extrema, que acontece em Uganda, mas para fazer com que a gente pense nos caminhos que está tomando com relação a todo tipo de desrespeito e intolerância. É uma denúncia. Na Uganda, tem uma lei, oficialmente, que criminaliza o fato de você ser gay. É algo que a gente precisa pensar, e que bom poder fazer isso no teatro.

Sem patrocínio, o projeto foi desenvolvido nos estúdios da Globo, onde ocorreu um longo workshop de atuação, canto, dança e improviso sobre afrobrasilidade com cerca de 70 atores, dos quais foram escolhidos os seis do elenco. Após a seleção, André Luiz Miranda (da novela “O Rico e o Lázaro”), Heloisa Jorge (de “Race”), Danilo Ferreira (de “Pixinguinha, Um Homem Carinhoso”), Marcos Guian (de “A Peça Ao Lado”), Indira Nascimento (de “A Serpente”) e Marcella Gobatti engataram 50 dias de ensaios até a estreia.

Lázaro Ramos e o ator André Luiz Miranda (Foto: Leonardo Torres)
Lázaro Ramos (Foto: Leonardo Torres)

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 21h; dom, 19h. R$ 80. 90 min. Classificação: 14 anos. Até 25 de fevereiro. Teatro Poeira – Rua São João Batista, 104 – Botafogo. Tel: 2537-8053.