Evelyn Castro (de “Cássia Eller, o Musical”) é Ms. Alice Penn Taylor na adaptação da novela “Vamp” (1991) para o teatro musical, em cartaz no Teatro Riachuelo, na Cinelândia. O espetáculo recém-estreou e a atriz já arrisca dizer que é um marco em sua carreira. “Eu era muito fã da novela! Minha mãe brigava comigo, porque eu parava tudo para ver ‘Vamp’. Está sendo um sonho fazer esse trabalho”, ela diz ao Teatro em Cena, “e conviver com Ney Latorraca é uma aula todos os dias – em todos os sentidos: de profissionalismo, dramaturgia, como se portar, como ser um ser humano, etc.”.

(Foto: Divulgação)

Ney Latorraca é um dos nomes da novela que também estão no musical: ele volta a viver Conde Vlad. Como ele, Claudia Ohana também retoma a personagem Natasha, e o autor Antônio Calmon e o diretor Jorge Fernando assumem suas funções da TV no projeto teatral. Evelyn ficou com o papel que era de Vera Holtz na novela: “é uma enorme responsabilidade! Todo respeito por Vera Holtz. Quando eu ia imaginar, aos dez anos de idade, que faria ‘Vamp’ algum dia?”. E fazer com uma superprodução: são 36 atores, 350 figurinos, 13 cenários e efeitos especiais.

“Vamp – O Musical” é um projeto antigo da produtora Aventura Entretenimento, que já montou “Elis, a Musical”, “Chacrinha, o Musical”, “A Noviça Rebelde”, “O Mágico de Oz”, entre outros. Evelyn chegou a fazer testes para o elenco do musical em 2015. Quando a lista foi fechada e anunciada, em janeiro deste ano, o nome dela não constava. Ela foi chamada às pressas para substituir Lilian Valeska (de “Amargo Fruto – A Vida de Billie Holiday”) faltando um mês para a estreia.

– Foi uma loucura. Ainda bem que entrei no lugar de uma amiga queridíssima, amiga mesmo. Tive o consentimento e a benção da Lilian Valeska. No meu segundo dia, eu cheguei e falaram “vai ter um corrido”. Ficamos eu e Claudia Ohana correndo pelo palco e cantando qualquer coisa! – lembra, aos risos.

_____
SERVIÇO: qui e sex, 20h30; sáb, 16h30 e 20h30; dom, 18h. R$ 50 a R$ 130 (qui e sex); R$ 50 a R$ 150 (sáb, 16h30 e dom); R$ 50 a R$ 180 (sáb, 20h30). 120 min. Classificação: livre. De 17 de março até 4 de junho. Teatro Riachuelo – Rua do Passeio, 38 – Cinelândia. Tel: 3005-3432.