Vai ser de Guida Vianna (de “O Nó do Coração”) o papel principal da montagem brasileira de “August: Osage County” – aqui chamado de “Agosto”. A atriz, que está comemorando 40 anos de carreira, dará vida a Violet Weston, matriarca que reúne as três filhas em casa novamente diante do desaparecimento do marido. No cinema, o mesmo papel já foi de Meryl Streep, vencedora de três Oscars, que recebeu mais uma indicação por esse trabalho.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O projeto de montar “Agosto” no Brasil existe há pelo menos três anos. Em 2014, anunciaram na mídia que Vera Holtz (de “Timon de Atenas”) protagonizaria o espetáculo. Com o atraso na captação de patrocínio, a atriz foi substituída por Marieta Severo (de “Incêndios”), que estava acertada para o papel no ano passado. Por conta de outros compromissos, ela também teve que se desligar da montagem, e Guida Vianna foi convidada. Além dela, estão confirmados no elenco Letícia Isnard (de “A Reunificação das Duas Coreias”), Isaac Bernat (de “Incêndios”), Claudia Ventura (de “A Cuíca de Laurindo”), Lorena Comparato (de “#broncadequê?”), Alexandre Dantas (de “A Outra Casa”), Claudio Mendes (de “Ou Tudo Ou Nada – O Musical”), Eliane Costa (de “Lucrécia”), Guilherme Siman (de “Ensina-me a Viver”), Julia Schaeffer (de “As Coisas”) e Marianna Mac Niven (de “Educando Rita”).

O grande elenco é para compor todos os membros da família da peça. Na história, Violet Weston recebe as três filhas desgarradas de volta em casa, por conta desse desaparecimento do marido, e fica evidente porque cada um foi para um lado: apesar dos esforços, não conseguem se entender, se conhecer e, por vezes, se respeitar. O texto é de Tracy Letts, que recebeu o Tony Award por essa peça. A adaptação brasileira e a direção ficam a cargo de André Paes Leme (de “A História de um Barquinho”).

A estreia está marcada para 3 de agosto no teatro do Oi Futuro Flamengo.