PORTO ALEGRE – Hoje, às 20h, os artistas cênicos de Porto Alegre vão se reunir em uma livre assembleia no Teatro Museu Trabalho (Rua dos Andradas, 230 – Centro Histórico). Atores, diretores, dramaturgos, figurinistas, músicos, iluminadores, técnicos de luz e de som, produtores, cenógrafos, pesquisadores, professores, críticos e público em geral devem se sentir convocados.

(Foto: Reprodução)

A pauta diz respeito à produção de um novo evento de entrega dos Prêmios Açorianos de Teatro Adulto e Prêmio Tibicuera de Teatro para Crianças urgentemente. Esse evento a ser organizado deseja conferir mais dignidade à classe, chamando a atenção da mídia para o descaso com que ela foi tratada pela Coordenação de Artes Cênicas de Porto Alegre no último dia 24 de março. (Veja aqui)

A ocasião também servirá para a organização de um movimento de debates e de ações que sirvam para fortalecer a produção teatral gaúcha. Nos últimos anos, a crise pela qual o país passa afetou todos os setores da sociedade, mas, no caso dos artistas, a situação ficou ainda pior pela falta de diálogo entre o poder público e a classe artística. Sabe-se, desde sempre, que uma cidade com projeto cultural desenvolvido tem menos índices de insegurança, melhores indicativos de educação e de qualidade vida, mais empregos e melhor autoestima.

Em seis anos, a produção teatral porto-alegrense caiu para um terço. A cidade precisa repensar seu rumo e os artistas têm o dever de lutar para que suas façanhas continuem servindo de modelo, pelo menos, ao país.

Teatro gaúcho, presente!