Plantão

Baby do Brasil inicia ensaios de 70? Doc. Musical

(Foto: Divulgação)

Assim como Wanderléa, que brilhou em “60 – Década de Arromba – Doc. Musical”, a cantora Baby do Brasil também está prestes a se tornar estrela de musical teatral. Ela entrou no elenco de “70? – Divino Maravilhoso – Doc. Musical”, de Marcos Nauer e Frederico Reder, os mesmos criadores do espetáculo de Wanderléa. A estreia será em novembro, e Baby deu início aos ensaios neste mês, ao lado das Frenéticas Dhu Moraes, Leiloca Neves e Sandra Pêra. Elas também estão confirmadas no elenco.

Sucesso de público, o “60” traçou uma retrospectiva da década – ano a ano – com músicas que marcaram o período, além projeções de vídeos já históricos. Sem falas. O “70?” é um desdobramento e segue a mesma fórmula: relembrar os destaques da década, no panorama nacional e internacional. Foi nos anos 1970 que as Frenéticas e os Novos Baianos (grupo com Baby, Pepeu Gomes, Moraes Moreira, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão) lançaram seus primeiros álbuns e estouraram nas paradas de sucessos, o que justifica as escalações.

O restante do elenco foi escolhido por meio de audições. Os nomes são Amanda Doring (de “60! Década de Arromba”), Babi Ferr (de “Mundo Bita”), Camila Braunna (de “60! Década de Arromba”), Débora Pinheiro (de “O Som da Motown”), Erika Affonso Nunes (de “60! Década de Arromba”), Fernanda Biancamano (de “60! Década de Arromba”), Larissa Landim (de “Ou Tudo Ou Nada”), Laura Braga (de “Ayrton Senna, o Musical”), Leandro Massaferri (de “60! Década de Arromba”), Leilane Teles (de “Musical Popular Brasileiro”), Rany Hilston (de “A Pequena Loja dos Horrores”), Rosana Chayn (de “60! Década de Arromba”), Aquiles Nascimento, Bruno Boer (de “Peter Pan”), Diego Martins (de “Peter Pan”), Leo Araujo (de “60! Década de Arromba”), Nando Motta (de “O Homem de la Mancha”), Pedro Navarro (de “Peter Pan”), Pedro Roldan (de “Noite da Comédia Improvisada”), Rodrigo Morura (de “60! Década de Arromba”), Rodrigo Serpan (de “60! Década de Arromba”), Rodrigo Naice (de “60! Década de Arromba”) e Tauã Delmiro (de “60! Década de Arromba”).

Comentários

comments