+ TeatroPremiações

Cláudia Raia e Marcos Caruso apresentarão 3º Prêmio Cesgranrio

Foram revelados os nomes dos anfitriões do 3º Prêmio Cesgranrio, que acontece no Copacabana Palace, na próxima segunda (18/1). Os escolhidos para apresentar a cerimônia são Cláudia Raia, que está comemorando 30 anos de carreira com o musical “Raia 30”, e Marcos Caruso, que está na novela “A Regra do Jogo” e no remake de “A Escolinha do Professor Raimundo”.

(Fotos: Reprodução)

(Fotos: Reprodução)

A premiação neste ano homenageará a atriz Nathalia Timberg (de “Tríptico Samuel Beckett”), que, na mesma semana, verá um teatro com seu nome inaugurar na Barra da Tijuca. Ela também estreará a peça “33 Variações” na semana que vem, como parte do teatro novo.

O Prêmio Cesgranrio é o que dá os prêmios mais valiosos: são R$ 25 mil para cada vencedor, totalizando R$ 300 mil. O júri é formado por Macksen Luiz, Jacqueline Laurence, Carolina Virgüez, Daniel Schenker, Mirna Rubim, Lionel Fischer e Tânia Brandão. Neste ano, os líderes de indicações são “Krum” e “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”, cada um com sete nomeações.

Confira a lista completa de indicados:

Melhor Direção
– Marco André Nunes, por “Caranguejo Overdrive”
– Marina Vianna e Diogo Liberano, por “A Santa Joana dos Matadouros”
– Charles Möeller, por “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– Ana Teixeira por “Salina”
– Daniel Herz por “Meu saba”
– Marcio Abreu por “Krum”

Melhor Ator
– Bruce Gomlevsky, por “Uma Ilíada”
– Matheus Macena, por “Caranguejo Overdrive”
– Renato Carrera, por “O Homossexual ou A Dificuldade de se Expressar”
– Danilo Grangheia por “Krum”
– Ranieri Gonzalez por “Krum”
– Rogério Fróes por “Família Lyons”

Melhor Atriz
– Ana Paula Secco, por “O Pena Carioca”
– Letícia Isnard, por “Marco Zero”
– Ana Beatriz Nogueira por “Um pai”
– Grace Passô por “Krum”
– Suzana Faini por “Família Lyons”

Melhor Cenografia
– Paulo de Moraes e Carla Berri, por “Inútil a Chuva”
– Bia Junqueira, por “A Santa Joana dos Matadouros”
– Bia Junqueira, por “Santa”
– Bia Junqueira por “Meu saba”
– José Dias por “Eugenia”
– Lorena Lima por “Consertam-se imóveis”

Melhor Iluminação
– Maneco Quinderé, por “Inútil a Chuva”
– Paulo César Medeiros, por “A Santa Joana dos Matadouros”
– Renato Machado, por “O Homossexual ou A Dificuldade de se Expressar”
– Aurélio Di Simoni por “Meu saba”
– Nadja Naira por “Krum”
– Renato Machado por “Madame Bovary”

Melhor Figurino
– Carol Lobato, por “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– Antonio Guedes, por “O Homossexual ou A Dificuldade de se Expressar”
– Antonio Guedes, por “O Pena Carioca”
– Ana Teixeira e Stephane Brodt por “Salina”
– Carol Lobato por “Bilac vê estrelas”
– Patricia Lambert por “Madame Bovary”

Melhor Texto Nacional Inédito
– Pedro Kosovski, por “Caranguejo Overdrive”
– João Cícero Bezerra, por “Sexo Neutro”
– Diogo Liberano, por “O Narrador”
– Daniela Pereira de Carvalho por “Contra o vento”
– Keli Freitas por “Consertam-se imóveis”
– Leonardo Netto por “Para os que estão em casa”

Categoria Especial
– Bia Radunsky, pela curadoria do Espaço Sesc
– Claudio Botelho, pela versão brasileira de “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– Claudio Lins, pela adaptação da obra de Nelson Rodrigues para o teatro musical
– Bruno Lara Resende pela adaptação de “Madame Bovary”
– Marcia Rubin pela direção de movimento de “Krum”
– Nei Lopes pela trilha original de “Bilac vê estrelas”

Melhor Direção Musical
– Nando Duarte, por “SamBRA, o Musical – 100 Anos de Samba”
– Marcelo Castro, por “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– Marcelo Alonso Neves, por “Amargo Fruto – A Vida de Billie Holiday”
– Alexandre Elias por “S’imbora – O Musical”
– Luís Filipe de Lima por “Bilac vê estrelas”
– Marcelo Alonso Neves por “Contra o vento”

Melhor Ator em Musical
– José Mayer, por “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– Thelmo Fernandes, por “O Beijo no asfalto – O Musical”
– André Dias por “Bilac vê estrelas”
– Ícaro Silva por “S’imbora – O Musical”

Melhor Atriz em Musical
– Alessandra Verney, por “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– Laila Garin, por “O Beijo no asfalto – O Musical”
– Alice Borges por “Bilac vê estrelas”
– Izabella Bicalho por “Bilac vê estrelas”

Melhor Espetáculo
– “Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera”
– “Caranguejo Overdrive”
– “A Santa Joana dos Matadouros”
– “Krum”
– “Meu saba”
– “Salina”

Comentários

comments