Comédia romântica A-traídos repete fórmulas em triângulo amoroso – Teatro em Cena
CríticaOpinião

Comédia romântica A-traídos repete fórmulas em triângulo amoroso

Uma comédia romântica. Um triângulo amoroso. Uma jovem dividida entre dois amigos completamente diferentes. Não é exatamente a novidade o forte de “A-traídos”, espetáculo escrito e dirigido por Pedro Jones. Em cartaz no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea, a peça repete tramas e personagens excessivamente vistos pelo público em novelas e filmes, mas diverte – principalmente se o espectador estiver em busca de leveza.

Miguel Roncato, Bia Arantes e Daniel Blanco em cena (Foto: Gabriel Popó)

Miguel Roncato, Bia Arantes e Daniel Blanco em cena (Foto: Gabriel Popó)

Na história, Felipe (Daniel Blanco, da novela “Malhação”) é um nerd apaixonado secretamente pela melhor amiga, Monique (Bia Arantes, de “Stand Up”), há sete anos. No dia em que decide se declarar e beijá-la, é traído pelo melhor amigo, Leandro (Miguel Roncato, da novela “Geração Brasil”), que sai na frente, a beija, e também fica envolvido com ela. A jovem universitária, por sua vez, não sabe se prefere a ousadia do garoto atirado ou a segurança do amigo sem atitude. A encenação se desenrola a partir daí – sem ficar claro como dois garotos tão distintos se tornaram amigos. O texto é despretensioso, e tem bons momentos, que fazem a plateia rir. Talvez ele apenas se estenda demais, com cenas que mereciam ser inteiramente cortadas, porque quebram o ritmo.

Chamam a atenção os dois atores, que têm perfis dos personagens opostos aos que foram escalados, e saem-se bem nos que lhe competem. Ambos são convincentes. Bia Arantes, porém, é mal dirigida. Sua personagem já é caricata e over demais no texto, então ela incomoda gritando suas falas a cada cena. O resultado é bobo, comparado ao trabalho dos meninos. Ela merecia ser podada, para que o público comprasse o dilema da protagonista em vez de olhá-lo de cima.

Daniel Blanco surpreende no papel de nerd apaixonado (Foto: Gabriel Popó)

Daniel Blanco surpreende no papel de nerd apaixonado (Foto: Gabriel Popó)

O cenário é formado apenas por quatro adereços de parede coloridos, que servem para mostrar que os atores estão fora de cena quando ali se encontram. Os figurinos estão bons. Mas a iluminação (de Pedro Jones) é limitada, exigindo correções.

Montado para uma turnê, “A-traídos” faz curta temporada no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea, até 26 de novembro. As sessões acontecem terças (com Miguel Roncato) e quartas (com Bernardo Velasco) às 21. A classificação indicativa é de 12 anos e os ingressos custam R$ 50.

Por Leonardo Torres
Pós-graduado em Jornalismo Cultural.

Comentários

comments