OpiniãoPapo de Artista

Como me preparar para o teatro musical – Por Marcelo Castro

papo de artista logo 4

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Eu trabalho há cerca de 15 anos no teatro musical no Brasil, ou seja, desde que começou essa “onda” que se propaga até hoje e espero que continue e cresça ainda mais, pois gera trabalho e mostra muitos novos talentos pro mercado, melhorando ainda mais a qualidade dos profissionais dessa área. Mas ainda temos muitas questões pra resolver, antes de chegarmos num patamar de profissionalismo, que eu pelo menos, considero adequado.

Ainda temos muita carência, no mercado de trabalho, de profissionais com conhecimento nas três principais áreas necessárias para estar nesse mercado (TEATRO, CANTO E DANÇA). Muitas vezes encontramos pessoas que cantam muito bem, mas não atuam tão bem assim, e várias outras combinações desse tipo. Sinto muitas vezes que alguns talentos acabem sendo descartados, exatamente pela falta de combinação entre esses fatores. Sei que isso parece óbvio, mas o que eu pretendo com essa colocação? Pretendo motivar os atores, que procurem cantar e dançar; os bailarinos, que procurem cantar e interpretar; e os cantores, que procurem interpretar e cantar. Sempre alerto as pessoas em cursos e em aulas que ministro sobre a importância desse equilíbrio. E mesmo assim, isso não quer dizer que você terá uma vaga assegurada no mercado, mas é claro que aumenta suas possibilidades. Existem ainda muitas outras questões, mas uma em particular é bem importante. Por qual motivo as produções insistem em colocar em papeis principais, atores com “fama”, mesmo sabendo que eles não darão conta, muitas vezes, de exercer essas funções que acabei de falar? Acho que a resposta é óbvia também. Público e Marketing. Ter um “nome famoso” no elenco de um espetáculo, aumenta a chance de patrocínio e atrai o público. Isso não é uma especulação. Isso é fato! Claro que muitas vezes esses “famosos” realizam muito bem a tarefa e isso é muito agradável de ver.

Vejo que alguns “nomes famosos” já procuram especialização nessas áreas, então isso é mais um motivo para que os menos famosos também se especializem, ou vão ficar pra trás.

Claro que esse tipo de especialização não é barato. Falando um pouco da minha área (Canto e música), existem muitas pessoas que se aproveitam dessa carência e tornam-se “professores de canto” sem o devido conhecimento e estudo sobre esse assunto. Acho isso extremamente perigoso. Essas pessoas normalmente cobram valores menores, o que gera uma alta procura por esse serviço, mas cuidado! Você pode estar colocando em risco o seu material vocal. Procure sempre se informar bem, antes de começar aulas com determinados profissionais. Eu penso que isso vale também para as outras áreas. Então não é fácil pra quem está sem trabalho e procurando especialização, conseguir isso. Mas é necessário!

Então, voltando ao cerne da questão, pra entrar nesse mercado você precisa estar bem preparado. Sinto que os candidatos das audições, têm estado cada vez mais preparados, mas como falei anteriormente, ainda falta muito.

Ainda existe alguns musicais em que as audições são fechadas ou que não abrem audições. Muitas pessoas questionam esse tipo de sistema, mas também temos que pensar que a equipe criativa tem tanta certeza do que quer, que não acha necessário ouvir outras pessoas. Claro que isso acaba sendo ruim pro mercado, mas temos que respeitar a opinião e escolha dessa equipe.

Temos muitas peças em cartaz no Rio e em São Paulo, que são os principais eixos do teatro musical no Brasil, mas também já estou vendo montagens profissionais em outros estados. Isso é muito bom! Aumenta o mercado de trabalho pra todos. Mas pra você entrar nesse mercado, precisa estar preparado. Mesmo os “nomes famosos”, que não tenho nada contra, mas acho que também precisam estar preparados. Não ache que em dois meses de aulas de canto, você será um cantor. E penso que isso se aplica nas outras áreas também. Ou seja, se prepare. Esteja pronto. Quando a oportunidade surgir, você será aproveitado! Não deixe pra depois. Se prepare!

Marcelo Castro é diretor musical, regente, arranjador e preparador vocal.

Comentários

comments