Conheça o novo elenco do musical gay Yank! – Teatro em Cena
Plantão

Conheça o novo elenco do musical gay Yank!

Leonam Moraes, André Viéri e Rhuan Santos: novidades de “Yank”
(Foto: Divulgação)

A aguardada segunda temporada de “Yank – O Musical” – sobre o primeiro amor de um soldado, por um colega de campo de batalha, em plena Segunda Guerra Mundial – estreia em 6 de março no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea, com algumas mudanças no elenco. As novidades são as entradas de Leonam Moraes (de “Bibi – Uma Vida em Musical”), André Viéri (de “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz, o Musical”) e Rhuan Santos (de “Venha Buscar-me Que Ainda Sou Teu”). Eles substituem Leandro Melo (de “Bibi – Uma Vida em Musical”) e Chris Penna (de “Bibi – Uma Vida em Musical”), que estarão comprometidos com outros trabalhos.

Os protagonistas Hugo Bonemer (de “Ayrton Senna – O Musical”), Betto Marque (de “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”) e Leandro Terra (de “A Última Festa Antes do Fim do Mundo”) continuam no time, assim como Fernanda Gabriela (de “Bibi – Uma Vida em Musical”), Conrado Helt (de “Cantando na Chuva”), Dennis Pinheiro (de “S’imbora, o Musical”), Bruno Ganem (de “Andança – Beth Carvalho, o Musical”), Alain Catein (de “Rock’n Lixo”) e Robson Lima (de “Fala Sério, Gente!”). A direção é de Menelick de Carvalho, professor da CAL, com direção musical de Jules Vandystadt (de “O Homem no Espelho”).

(Foto: Bernardo Santos)

A primeira temporada do espetáculo rendeu quatro troféus no Prêmio Cenym (melhor musical, elenco, canção e cartaz) e mais dois no Broadway World Brazil Awards (melhor direção musical e versão brasileira). O musical é uma importação dos irmãos norte-americanos Joseph e David Zellnik. Estreado em 2010 no off-Broadway, o original rendeu sete indicações ao Drama Desk Awards. No ano passado, também houve uma montagem no West End, em Londres.

Para viabilizar a nova temporada no Rio de Janeiro, a produção abriu um projeto de financiamento coletivo no Catarse. Funciona também como uma pré-venda dos ingressos. Contribuindo com R$ 50 ou mais, já se garante um ingresso para ver o musical, que ficará em cartaz até 2 de maio.

Comentários

comments