Crítica: Loloucas – Teatro em Cena

Heloisa Perissé (de “Lololand”) e Maria Clara Gueiros (de “Se Meu Apartamento Falasse”) têm feito sucesso no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea, com a comédia “Loloucas”. Elas interpretam duas senhoras ativas, que costumam ir ao teatro em excursões de van, e compartilham causos do passado e do presente com a plateia. Uma orgulha-se de ser uma professora concursada, com fama de inteligente na turma da van, e a outra é mais desbocada, “moderninha” e tem até um crush. Amigas de infância, vivem se desentendendo e discordando, mas se completam.

(Foto: Bruno Veiga)

A comunicação visual do espetáculo, no entanto, leva o público a esperar algo diferente (foto acima). As atrizes aparecem no pôster enfiadas em camisas de força, acompanhadas do título “Loloucas”. Mas o que se vê não tem nenhuma ligação com hospício ou patologias mentais. Não existe nenhuma camisa de força em toda a encenação. O espetáculo é sobre a velhice contemporânea e a amizade – o que o cartaz não indica. Na foto divulgada, Perissé e Gueiros sequer parecem idosas. Enfim.

O espetáculo em si é divertido de verdade. Os espectadores riem do início ao fim, com piadas leves e histórias engraçadas. Não existe exatamente um enredo, apenas uma situação: as senhoras chegam ao teatro, ocorre um problema técnico que impede a apresentação, elas começam a reclamar e, quando se dão conta, estão no palco com ares de stand up comedy substituindo a produção suspensa. “Lembra disso? Lembra daquilo? E Fulano? E Sicrano? Ah, deixa eu contar…”. As amarras e os ganchos não são exatamente bons, mas a dupla não perde o ritmo. O texto, escrito por Heloisa Perissé, guarda resquícios de sua essência de monólogo: no fim da peça, a atriz conta que estava escrevendo apenas para si, mas a outra personagem estava pedindo para nascer e ela chamou a amiga Maria Clara Gueiros para interpretá-la. Tudo gira em torno da personagem de Heloísa, que conduz o espetáculo. A outra é ora uma escada ora um interlúdio entre as narrações de Heloísa. A peça merecia uma adaptação melhor na transição de monólogo para diálogo. Gueiros é uma excelente atriz e aproveita todas as oportunidades, o que a impede de ser relegada a mero acessório.

A concepção da direção de Otávio Müller (de “A Vida Sexual da Mulher Feia”) é simplista: “Loloucas” não vai além de duas atrizes com grande talento para o humor no centro do palco. São poucas marcações fora desse padrão. Toda a aposta é na capacidade de oratória delas. Como a situação criada é de uma peça que não aconteceu, cenografia (de Dado Marietti) e iluminação (de Paulo Cesar Medeiros) são básicos. Até há dois telões e um enorme espelho, mas inutilizados e ignorados a maior parte do tempo. Não comunicam nada. Os telões só são justificados para um slide show de fotos pessoais das atrizes, no fim de tudo. Piegas. Desperdício de dinheiro. O cenário, na verdade, é o próprio teatro. À serviço da dramaturgia mesmo, estão os figurinos de Teca Fichinski. A caracterização prontamente afasta as atrizes de suas personas famosas e transporta o público para o universo das velhinhas. Junto com o gestual e a postura de Heloísa Perissé e Maria Clara Gueiros, os figurinos compõe as personagens belamente.

“Loloucas” é muito simples, uma contação de histórias. Cumpre o que propõe: garantia de risadas. É entretenimento puro, para ver sem maiores pretensões.

m>Por Leonardo Torres
Mestre de Artes da Cena e especialista em Jornalismo Cultural.

(Foto: Bruno Veiga)

Ficha técnica

Texto: Heloísa Périssé

Direção: Otávio Müller

Elenco: Heloísa Périssée Maria Clara Gueiros

Cenografia: Dado Marietti

Criação de conteúdo: Dado Marietti

Iluminação:Paulo Cesar Medeiros

Figurinos: Teca Fichinski

Direção Musical e Trilha Sonora:Max Viana

Coordenação de Produção:Filomena Mancuzo

Coordenação do Projeto: Heloísa Périssé

Realização: H P Produções Culturais

Apresentação: Circuito Cultural Bradesco Seguros

_____
SERVIÇO: sex e sáb, 21h; dom, 20h. R$ 90. 60 min. Classificação: 12 anos. Até 30 de setembro. Teatro dos Quatro – Shopping da Gávea – Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso – Gávea. Tel: 2239-1095.

Comentários

comments