Espetáculo teatral transmite apresentações ao vivo pelo Facebook – Teatro em Cena
Comportamento

Espetáculo teatral transmite apresentações ao vivo pelo Facebook

Assistir teatro sem sair de casa? Essa é uma alternativa oferecida pelo Coletivo Mastruço, em cartaz com o espetáculo “Como É Que Abre Aqui?” no Instituto Kreatori, em Laranjeiras. O espectador que não quiser ir ao local e pagar R$ 20 no ingresso ainda assim pode assistir às apresentações, que acontecem sempre às sextas às 20h. Basta acessar a página do espetáculo no Facebook: toda sessão da peça é transmitida ao vivo ali. O ‘live stream’ é o diferencial da montagem, dirigida por Laura Mollica.

(Foto: Divulgação)

– Esse cruzamento entre as artes é necessário hoje. Poder ouvir músicas da Nigéria, Sri Lanka, Espanha através da internet é uma forma de ter acesso a outras culturas. Por que não fazer o teatro ganhar a mesma oportunidade? – a diretora provoca, em entrevista ao Teatro em Cena, por e-mail – O Coletivo Mastruço dialoga com muitos artistas de outros países, e algumas pessoas que já colaboraram com o Coletivo não estão mais no Brasil. A transmissão ao vivo é um meio de você possibilitar outras pessoas a conhecer o trabalho, sair do circuito carioca e também de tornar o teatro acessível pra quem tem alguma deficiência ou dificuldade de se locomover.

A trama de “Como É Que Abre Aqui?” é inspirada na alegoria da caverna de Platão, sobre a percepção distorcida da realidade. Na história, Alice e Gabriel, mesmo sem nenhuma barreira física que os impeça de sair de uma casa, se veem presos a espera de que algo extraordinário aconteça a qualquer momento. A dramaturgia é resultado de meses de ensaios inspirados em sonhos. No palco, a atuação cabe a Luísa Alves (de “O Auto do Boi”) e Lucas Asseituno (de “Paparazzi”) e, segundo a diretora, o live stream não interfere no trabalho habitual. Eles não atuam para a câmera. “Ela está mais como um objeto passivo. É o olho do observador”, sintetiza Mollica.

Ela também não teme que a transmissão online “roube” espectadores pagantes do teatro. Para ela, são opções diferentes oferecidas e complementares. “Uma peça teatral vista presencialmente sempre será mais potente, mas por que não dar a opção de escolha às pessoas? O teatro, hoje, tem essa opção de não ficar limitado ao bairro, cidade em que se apresenta, chegando até outras pessoas. Então vejo as tecnologias como forma de ajudar o artista a divulgar seu trabalho”, conclui.

_____
SERVIÇO: sex, 20h. R$ 20. Até 21 de julho. Instituto Kreatori – Rua Alice, 209 – Laranjeiras. Tel: 3734-4326. Ou pelo Facebook: https://www.facebook.com/comoequeabreaqui/.

Comentários

comments