+ TeatroConvergência

Felipe de Carolis e Marieta Severo repetem parceria na TV

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Após o sucesso de um ano e nove meses em cartaz com “Incêndios”, os atores Marieta Severo e Felipe de Carolis vão levar a parceria dos palcos para a TV. Os dois estão no elenco da novela “Verdades Secretas”, que está sendo gravada com estreia marcada para 8 de junho, na faixa das 23h na TV Globo. É a nova trama de Walcyr Carrasco, e marcará o retorno da Marieta às novelas, após 14 anos na série “A Grande Família”. Para Felipe, será sua primeira novela.

Marieta interpretará uma cafetina chamada Fanny Richard, que usa uma agência de modelos como fachada para seus negócios. Amante do personagem de Reynaldo Gianechinni (de “A Toca do Coelho”), sustentando-o, Fanny agenciará Larissa (Grazi Massafera), uma garota de programa drogada, que terá um romance com o papel de Felipe de Carolis. Para as gravações, o ator tem que fazer várias tatuagens de mentirinha.

Felipe de Carolis em cena com Grazi Massafera (Foto: Reinaldo Marques/Rede Globo/Divulgação)

Felipe de Carolis em cena com Grazi Massafera (Foto: Reinaldo Marques/Rede Globo/Divulgação)

Marieta Severo em gravação com Reynaldo Gianecchini (Foto: Reprodução)

Marieta Severo em gravação com Reynaldo Gianecchini (Foto: Reprodução)

Marieta e Felipe se conheceram quando ele apresentou o projeto de “Incêndios” a ela. Essa história, aliás, é curiosa. Para liberar os direitos da peça, o autor libanês Wajdi Mouawad exigia um nome forte no elenco e um teatro definido para estreia. Sem que ninguém soubesse, Felipe mandou os nomes do Aderbal [Freire-Filho, diretor], da Marieta e do Poeira para o escritório do dramaturgo na França. Assim, conseguiu a liberação e foi falar com eles de verdade. “Eu não sabia como, aos 20 anos, ia me infiltrar em um lugar que é estabelecido. Como eu trabalharia com meus ídolos? Só oferecendo a eles uma história incrível, com personagens irrecusáveis”, conta.

A ousadia valeu a pena. Tanto para Felipe quanto para Marieta, “Incêndios” foi uma guinada na carreira, com sucesso de público e crítica. Foram vários prêmios, três temporadas no Rio de Janeiro, uma em São Paulo e uma turnê nacional passando por grandes teatros. A atriz coloca o espetáculo ao lado de outros grandes momentos de sua carreira, como “No Natal, A Gente Vem Te Buscar” (de Naum Alves de Souza), “Aurora da Minha Vida” (de Naum Alves de Souza), “A Estrela do Lar” (de Mauro Rasi), “A Dona da História” (de João Falcão) e “As Centenárias” (de Newton Moreno).

Comentários

comments