Gabriel Stauffer assume protagonista de Beijo no Asfalto – O Musical – Teatro em Cena
Plantão

Gabriel Stauffer assume protagonista de Beijo no Asfalto – O Musical

O ator Gabriel Stauffer, que já venceu o Prêmio Cesgranrio por “O Grande Circo Místico”, protagonizará a próxima temporada de “O Beijo no Asfalto – O Musical”, no Teatro Nathalia Timberg, na Barra da Tijuca, a partir do dia 30 deste mês. Ele será Arandir, um bom marido, bom empregado, boa gente, que tem sua vida virada de cabeça para baixo quando atende ao pedido de um homem moribundo na Praça Bandeira: um beijo na boca. O ato vira um escândalo nas páginas dos jornais, e inventam todo tipo de histórias sobre os dois, o que coloca seu emprego, seu casamento, suas amizades e sua vida em geral em cheque. Em tempo: a trama se passa nos anos 1960.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O titular do papel era Claudio Lins (de “Elis, a Musical”) nas duas primeiras temporadas. O ator, que idealizou a adaptação musical para a dramaturgia de Nelson Rodrigues (1912-1980) e escreveu as canções, está atualmente em cartaz com “Garota de Ipanema – O Amor É Bossa”. Por isso, não participará da temporada no Teatro Nathalia Timberg. Gabriel ficará a frente do elenco, com Izabella Bicalho (de “Bilac Vê Estrelas”) como seu par romântico, no papel de Selminha.

– Eu já estava dentro da peça, fazendo o Werneck, que eu adorava fazer, então já estava familiarizado com o personagem e com o jeito do João [Fonseca] dirigir. Já estava dentro, então é mais fácil. Mas fazer o Arandir é ótimo, é sempre um desafio. Dos personagens masculinos da dramaturgia brasileira, ele é um dos que eu tinha mais vontade de fazer. É cheio de nuances, é delicado, importante e forte ao mesmo tempo. Muito diferente do que eu vinha fazendo nos últimos dois anos e meio. Depois de “O Grande Circo Místico”, foram sete musicais e a maioria deles eram personagens cheios de si ou então mulherengos. O Arandir é um outro lugar: delicado, injustiçado, perturbado. O texto do Nelson já era maravilhoso sem ser musical e o Claudinho inventou de ser musical: ficou mais maravilhoso ainda. O Arandir cantando se expõe e se abre ainda mais. Está sendo uma delícia. – Gabriel conta ao Teatro em Cena.

Gabriel e Izabella em ensaio (Foto: Reprodução / Instagram)

Gabriel e Izabella em ensaio (Foto: Reprodução / Instagram)

“O Beijo no Asfalto” foi a 13ª peça escrita por Nelson Rodrigues e a primeira montagem foi um enorme sucesso – até a renúncia do presidente Jânio Quadros, que parou o Brasil. Para esse texto, o dramaturgo se inspirou na história real de um repórter que foi atropelado e, antes de morrer, pediu um beijo para uma mulher desconhecida que tentava socorrê-lo. O personagem do repórter policial Amado Ribeiro, um manipulador inescrupuloso, também existiu na vida real. “É importante falar sobre a importância da mídia e da influência que ela pode ter na vida de uma pessoa. É tão atual ao mesmo tempo”, destaca Gabriel Stauffer.

Para viabilizar a nova temporada, Claudio Lins abriu um projeto no Kickante com o objetivo de arrecadar R$ 50 mil com financiamento coletivo. As doações são de diferentes valores, e existem várias contrapartidas para os apoiadores. Até o momento, o valor juntado é de R$ 6,9 mil.

_____
SERVIÇO: sex a sáb, 21h; dom, 19h. R$ 50. Classificação: 14 anos. De 30 de setembro até 30 de outubro. Teatro Nathalia Timberg – Freeway – Avenida das Américas, 2000 – Barra da Tijuca. Tel: 2442-5188.

Comentários

comments