Incêndios é o grande vencedor do 8º Prêmio APTR – Teatro em Cena
+ TeatroPremiações

Incêndios é o grande vencedor do 8º Prêmio APTR

A peça “Incêndios”, em cartaz no Teatro Poeira, foi a grande vencedora do 8º Prêmio APTR, que ocorreu no Imperator, no Méier, na terça (8/4). Das nove categorias para as quais estava indicada, venceu quatro: espetáculo, atriz (Marieta Severo), atriz coadjuvante (Kelzi Ecard) e cenografia (Incêndios). No discurso de agradecimento, o ator e produtor Felipe de Carolis se mostrou emocionado, disse que Marieta se tornou sua mãe e que Aderbal Freire-Filho (que estava indicado ao prêmio de direção) mudou sua vida para melhor. “Uma das coisas mais lindas que falaram algumas vezes é que nós parecíamos uma companhia, mas era a primeira vez que nós trabalhamos juntos. Isso é o mais importante para mim”, disse Marieta.

Aderbal Freire-Filho, Marieta Severo e Ary Fontoura. (Foto: Rafael Prevot)

Aderbal Freire-Filho, Marieta Severo e Ary Fontoura. (Foto: Rafael Prevot)

:: Felipe de Carolis comemora sucesso de sua primeira produção. Leia a entrevista!

Já “Conselho de Classe” confirmou o favoritismo e ganhou três troféus: autor (Jô Bilac), direção (Bel Garcia e Susana Ribeiro) e ator (Marcelo Olinto). Nos bastidores, a peça era a mais recomendada e elogiada entre os convidados. “2013 foi um ano louco, com os professores saindo das salas de aula e indo para as ruas. A peça fala sobre isso. As pessoas queriam falar sobre isso”, ressaltou o dramaturgo.

Os pontos altos das noites foram as homenagens à Camilla Amado e Ary Fontoura, aplaudidos de pé por toda a plateia. Os dois fizeram questão de lembrar as recentes mortes de Paulo Goulart e José Wilker – algo que foi repetido algumas vezes durante a cerimônia – e fizeram discursos encantadores. “Ninguém vive para fazer teatro. Ninguém é bobo. O teatro que ensina a gente a viver”, falou Camilla Amado, que recebeu o prêmio especial pelos 50 anos de carreira dedicados aos palcos. “O teatro organiza o caos e nossa loucura”.

Gregório Duvivier e Maria Clara Gueiros: os apresentadores. (Foto: Rafael Prevot)

Gregório Duvivier e Maria Clara Gueiros: os apresentadores. (Foto: Rafael Prevot)

:: Veja mais fotos da premiação!

No mais, a premiação – apresentada divertidamente pela dupla Gregório Duvivier e Maria Clara Gueiros – foi marcada pela preocupação da classe artística com 2014. Com as eleições e a Copa do Mundo, os investimentos tendem a ficar direcionados ao esporte, o que foi lamentado pelo presidente da APTR Eduardo Barata. Além disso, Aderbal Freire-Filho fez um apelo às emissoras de TV. “A gente reconhece tudo o que a Globo faz pelo teatro, mas falta uma coisa. O ator faz teatro a vida toda e, quando é contratado pela empresa, pedem que deixem de fazer teatro: ‘diz lá que você só pode se apresentar sábado e vai precisar de stand in para quinta e sexta’. Falta essa compreensão. O ator faz teatro a vida toda”.

Para o ano que vem, foram adiantadas algumas mudanças nos critérios de seleção dos indicados. Só poderão participar as produções que se inscreverem ao prêmio, e elas terão que cumprir um mínimo de 16 apresentações por temporada. Além disso, os jurados Bárbara Heliodora e Mauro Ferreira serão substituídos por Bia Radunski (gerente do Espaço SESC).

Confira a lista completa de vencedores:

Espetáculo: “Incêndios”
Produção: “Elis, a Musical”
Autor: Jô Bilac – “Conselho de Classe”
Direção: Bel Garcia e Susana Ribeiro – “Conselho de Classe”
Ator: Marcelo Olinto – “Conselho de Classe”
Atriz: Marieta Severo – “Incêndios”
Ator coadjuvante: George Sauma – “A Importância de Ser Perfeito”
Atriz coadjuvante: Clarisse Derzié Luz – “À Beira do Abismo me Cresceram Asas” e Kelzi Ecard – “Incêndios”
Cenografia: Fernando Mello Costa – “Incêndios”
Figurino: Tamara Schonardie – “A Importância de Ser Perfeito”
Iluminação: Maneco Quinderé – “Jim”
Música: Ricco Vianna – “Jim”
Categoria especial: Camilla Amado
Homenagem do ano: Ary Fontoura

Comentários

comments