+ TeatroPremiações

Incêndios é o grande vencedor do Prêmio Cenym 2014

O espetáculo “Incêndios”, protagonizado por Marieta Severo (de “As Centenárias”), foi o grande vencedor do Prêmio Cenym, promovido pela Academia de Artes no Teatro do Brasil. A cerimônia, que engloba o teatro nacional, ocorreu no domingo (23/11), em Aracaju, no Sergipe. A peça, que teve duas temporadas no Teatro Poeira e está em cartaz em São Paulo, venceu seis categorias: Melhor Espetáculo, Diretor (Aderbal Freire-Filho), Atriz (Marieta Severo), Atriz Coadjuvante (Kelzy Ecard), Texto Adaptado (Angela Leite Lopes) e Montagem Brasileira de Obra Original Estrangeira (Felipe de Carolis, Maria Siman, Marieta Severo, Angela Leite Lopes e Aderbal Freire-Filho ).

INCENDIOS marieta severo Felipe de Carolis e Keli Freitas

Marieta Severo com Keli Freitas e Felipe de Carolis: mãe e filhos em relação complexa em “Incêndios” (Foto: Divulgação)

“Incêndios” conta a história da árabe Nawal (Marieta Severo), cuja vida é atravessada por décadas de uma guerra civil que parece nunca ter fim. Ela passa seus últimos anos em voluntário exílio no Ocidente, onde morre e deixa em testamento uma difícil missão para seu casal de filhos gêmeos (Felipe de Carolis e Keli Freitas): encontrar o pai e também um irmão perdido, que eles nem sabiam que existiam. O texto foi escrito pelo libanês Wajdi Mouawad, e fez muito sucesso em montagens internacionais. Os direitos foram comprados por Felipe de Carolis depois de assistir à adaptação cinematográfica, que foi indicada ao Oscar de filme estrangeiro em 2011. “Os produtores do Rio de Janeiro, para os quais oferecei o projeto, me achavam um louco por tentar montar ‘Incêndios’ no Brasil. Depois de três anos sozinho, resolvi oferecer diretamente para Marieta e Aderbal, que ficaram maravilhados com a peça”, Felipe conta ao Teatro em Cena. “Eu tenho fé no poder de ‘Incêndios’ desde sempre. Uma tragédia contemporânea ficar dez meses em cartaz, com ingressos antecipadamente esgotados no Rio, é um sinal de mudança e formação de novas plateias”.

Repetindo o sucesso internacional, a montagem brasileira também acumula troféus. Foram quatro prêmios no Prêmio APTR (espetáculo, atriz, atriz Coadjuvante e cenografia), um no Prêmio Shell (direção) e outro no Prêmio Questão de Crítica (ator, para Marcio Vito). “Nunca parei para pensar que ganharia tantos prêmios. Pessoalmente, significa a coroação de uma escolha, de uma conduta artística. Para lutar pela existência de ‘Incêndios’, tive que deixar muitas outras possibilidades tentadoras de lado. Abdiquei de muitos trabalhos”, ressalta o ator e produtor Felipe de Carolis.

No ano que vem, o espetáculo rodará algumas cidades em março e retornará para uma última temporada no Rio de Janeiro em abril. “Faremos uma temporada popular para que o máximo de pessoas consigam ver”.

Confira a lista completa de vencedores do Cenym 2014:

MELHOR ESPETÁCULO – Incêndios por – Felipe de Carolis, Maria Siman e Marieta Severo

MELHOR DIRETOR – Aderbal Freire-Filho por – Incêndios

MELHOR ATOR – Daniel Dantas por – Quem Tem Medo de Virgínia Woolf?

MELHOR ATRIZ – Marieta Severo por – Incêndios

MELHOR ATOR COADJUVANTE – Thiago Chagas por – Vampiras Lésbicas de Sodoma

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – Kelzy Ecard por – Incêndios

MELHOR TEXTO ORIGINAL – Elis a Musical por – Nelson Motta e Patrícia Andrade

MELHOR TEXTO ADAPTADO – Incêndios por – Angela Leite Lopes

MELHOR CIA DE TEATRO – Cia Mundana por – O Duelo para Georgette Fadal / CE

MELHOR GRUPO DE TEATRO – Grupo Teatro Nu por – Quarteto para Gil Vicente Tavares / BA

MELHOR QUALIDADE ARTÍSTICA DE PRODUÇÃO – Quarteto por – Fernanda Bezerra

MELHOR MAQUIAGEM – Quarteto por – Marie Thauront

MELHOR ILUMINAÇÃO – Quarteto por – Eduardo Tudella

MELHOR CARTAZ – Quarteto por – Guto Chaves

MELHOR QUALIDADE TÉCNICA DE PRODUÇÃO – Crazy For You por – Duda Arruk, Fábio Namatame e Wagner Freire

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE – Crazy For You por – Duda Arruk e Fernanda Carlucci

MELHOR COREOGRAFIA – Crazy For You por – Suzan Stroman

MELHOR MONÓLOGO – A Alma Imoral por – Clarice Niskier

MELHOR FIGURINO – O Grande Circo Místico por – Carol Lobato

MELHOR VERSÃO PARA O BRASIL – A Madrinha Embriagada por – Miguel Falabella

MELHOR ELENCO – Vampiras Lésbicas de Sodoma por – Marya Bravo, Davi Guilhermme, Thiago Chagas, Thadeu Matos, Thuany Parente, Thiago Páschoa e André Vieira

MELHOR CENÁRIO – Quem Tem Medo de Virgínia Woolf? por – Gringo Cardia

MELHOR TRILHA SONORA – Elis, A Musical por – Delia Fischer

MELHOR SONOPLASTA OU EXECUÇÃO DE SOM – Vampiras Lésbicas de Sodoma por – Gabriel D’angelo e Guilherme Coelho

MELHOR CANÇÃO – Elis, A Musical “Madalena” por – Laila Garin (voz) e Delia Ficher (arranjos)

MELHOR EFEITOS SONOROS – Vênus em Visom por – Andrea Zeni

MELHOR PROJETO DE INCENTIVO AO TEATRO – 23º Festival de Teatro de Curitiba por – Leandro Knopholz

MELHOR VERSÃO PARA O BRASIL – A Madrinha Embriagada por – Miguel Falabella

MELHOR TEATRO – Teatro Bradesco – São Paulo / Opus Promoções

MELHORES ADEREÇOS – O Grande Circo Místico por – Leandro Farchi, Carol Lobato e Carlos Machado

MELHOR MONTAGEM BRASILEIRA DE UMA OBRA ORIGINAL ESTRANGEIRA – Incêndios por – Felipe de Carolis, Maria Siman, Marieta Severo, Angela LeiteLopes e Aderbal Freire-Filho

Comentários

comments