“Jesus travesti” volta ao Rio em curta temporada – Teatro em Cena
Plantão

“Jesus travesti” volta ao Rio em curta temporada

O espetáculo “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, no qual a atriz Renata Carvalho interpreta Jesus Cristo em uma releitura contemporânea, fará cinco apresentações no Rio de Janeiro nesta semana. A montagem foi convidada a voltar à cidade após o sucesso de suas sessões na Fundição Progresso, com centenas de espectadores. Desta vez, o solo de Renata poderá ser visto de terça a sábado na Sede das Cias, que fica na Escadaria Selarón, na Lapa. A entrada é gratuita e os ingressos serão distribuídos uma hora antes de cada sessão. De terça a quinta, o horário marcado é 21h. Sexta e sábado, 22h. Após as sessões, ocorrerá a contribuição voluntária: cada um paga quanto puder.

(Foto: Leonardo Torres)

Com texto de Jo Clifford e direção de Natalia Mallo, “O Evangelho…” é alvo de cerceamento desde sua estreia. O espetáculo sofreu tentativas de censura em Jundiaí (SP), Salvador (BA) e, mais recentemente, no Rio de Janeiro e Garanhuns (PE). Em junho, o monólogo compôs a programação da Mostra Corpos Visíveis, que foi alvo de boicote da Prefeitura do Rio. Na semana da realização do evento, a produção descobriu que o teatro acertado com a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) não estava disponível. O prefeito Marcelo Crivella disse com todas as letras que “não permitiria” manifestações artísticas que “ofendessem a religião das pessoas”. Houve uma série de protestos presenciais e virtuais, e a Fundição Progresso acolheu o evento, recebendo um público muito maior do que o esperado. Renata acabou tendo que fazer uma sessão extra para atender a alta demanda. Recentemente, ela compartilhou o link de um abaixo-assinado pedindo o impeachment de Crivella.

A atriz faz questão de explicitar que o único motivo para essa perseguição é a transfobia decorrente da não aceitação de Jesus em um corpo travesti. “Afinal, o que este espetáculo têm de ofensivo? É que ele equipara/ compara/ apresenta/ materializa/ assemelha Jesus de Nazaré em um corpo travesti. Jesus é a imagem e semelhança de todes, menos de nós pessoas trans – é inapropriado. (…) Precisamos desmistificar essa construção social que criminaliza nossos corpos, identidades e vivências trans”, escreveu.

(Foto: Tiago Lima)

_____
SERVIÇO: ter a qui, 21h; sex e sáb, 22h. Entrada gratuita: pague quanto der. De 10 a 14 de julho. Sede das Cias – Rua Manuel Carneiro, 12 – Lapa. Tel: 2137-1271.

Comentários

comments