Coluna Social

José de Abreu e Regina Duarte brigam e ele a acusa de usar ponto eletrônico

(Fotos: Instagram / Divulgação TV Globo)

Os atores José de Abreu (de “Bonifácio Bilhões”) e Regina Duarte (de “O Leão no Inverno”), dois veteranos da TV brasileira, travaram uma briga em público via redes sociais. O motivo: divergências políticas. Regina está fazendo campanha para Jair Bolsonaro, tendo inclusive visitado o político, o que deixou José de Abreu decepcionado. Ela tem feito posts diários a favor do candidato à presidência. Pelo Twitter, José decidiu confrontá-la, expondo a colega de emissora: “Bolsa-presidiário existe desde 1991. Sei que você é meio esquecida, não consegue decorar texto há muitos anos (inaugurou o uso de ponto eletrônico para atores na Globo), mas ‘dar um Google’ evitaria de você passar fake news do fascista que você apoia”. O tweet viralizou.

Dizendo que Regina “afunda cada vez mais”, o ator foi além. “Nossos colegas, Regina Duarte, sejam artistas, técnicos, gays, lésbicas ou heteros, estamos APAVORADOS com o advento do fascismo. Ninguém mais trabalha sossegado com essa ameaça de trevas sobre nossas almas sensíveis. Não é admissível um colega de tantos anos não respeitar isso!”, escreveu, “respeitei a posição de Regina Duarte enquanto ela apoiava a direita democrática com Serra, Alckmin, FHC, Dória. Quando apoiou o impeachment. Mas não respeito artista quem apoia fascista. O fascismo ODEIA nossa profissão e nossa classe. Elimina quem discorda e quem é ‘diferente'”.

Regina Duarte e José de Abreu na novela “Desejos de Mulher” (2002) (Foto: Divulgação / Globo)

Pelo Instagram, Regina Duarte rebateu José de Abreu, minimizando a tensão, mas dando sua alfinetada. “Ah… deixa ele pra lá… é aquele ator que cospe nas pessoas que discordam dele. E, depois, diz que fascista é o Bolsonaro”, escreveu. Ela se refere ao vídeo de 2016, que mostra José de Abreu cuspindo em um casal em um restaurante por conta de uma briga.

Comentários

comments