Leandra Leal rebate convocação de boicote a opositores de Bolsonaro – Teatro em Cena
Coluna Social

Leandra Leal rebate convocação de boicote a opositores de Bolsonaro

(Foto: Carol Quintanilha)

Circula na Internet uma lista com nomes de artistas que se opuseram a Jair Bolsonaro (PSL), convocando os eleitores do político a boicotarem suas novelas, filmes, shows e peças de teatro. A lista, como se pode imaginar, é imensa: conta com mais de 700 nomes. Leandra Leal (de “Pi – Panorâmica Insana”) é um dos nomes listados e fez questão de se pronunciar sobre o assunto via Twitter. “Eu queria esclarecer uma coisa: quem nunca viu um filme meu, nunca assistiu uma peça minha, não vai fazer diferença nenhuma me boicotando… A vida segue, eu vou continuar lutando pelas pautas que eu acredito, respeitando quem não concorda, dialogando”.

Leandra foi uma das artistas que fizeram campanha em prol de Fernando Haddad (PT), derrotado nas urnas no último domingo (28/10). A atriz, que gere o Teatro Rival, na Cinelândia, chegou a ir para as ruas conversar com eleitores indecisos em São Paulo, ao lado da apresentadora Marina Person.

A campanha de Jair Bolsonaro não deu muita atenção para a área cultural – apesar de receber apoio de nomes como Regina Duarte (de “O Leão do Inverno”) e Carlos Vereza (de “Iscariotes: A Outra Face”). O presidente eleito ignorou o assunto em seu programa de governo, mas prometeu cortar recursos da área, demonizando a Lei Rouanet e indicando que o Ministério da Cultura será extinguido e transformado em uma Secretaria dentro do Ministério da Educação.

Comentários

comments