Plantão

Leo Bahia comenta indicação ao Prêmio Cesgranrio por Chacrinha

(Foto: Leonardo Torres)

(Foto: Leonardo Torres)

Intérprete da juventude de Abelardo Barbosa no espetáculo “Chacrinha – O Musical”, o ator de 23 anos Leo Bahia está feliz da vida com a indicação que recebeu ao Prêmio Cesgranrio. Ele concorre na categoria Melhor Ator de Musical, contra Gabriel Stauffer (por “O Grande Circo Místico”) e Marcelo Nogueira (por “Agnaldo Rayol – A Alma do Brasil”). “Vi os dois no ‘Grande Circo Místico’ [Marcelo também fez esse musical] e fiquei muito impressionado com o trabalho deles. Era um espetáculo complexo e faziam parecer fácil!”, Bahia analisa ao Teatro em Cena.

Gabriel Stauffer também comemora: “Estou honrado de estar ali no meio de tanta gente boa”

A indicação ao prêmio foi uma surpresa para ele, que também foi visto em “The Book of Mormon”, “Vida, o Musical” e “Ópera do Malandro” neste ano. “A alegria em fazer o ‘Chacrinha’ já é enorme e ser indicado a um prêmio é transbordar felicidade”, diz o ator, que não pensava em premiações durante o processo criativo, que levou dois meses e meio de ensaios, com direção do cineasta Andrucha Waddington. “Nunca! (risos) Quando elaboro um personagem, sou absorvido por aquilo que faço. Penso no processo, não no resultado”.

Quer saber mais sobre Leo Bahia? Clique aqui!

“Chacrinha – O Musical” é uma produção de R$ 12 milhões da Aventura Entretenimento, com 500 figurinos e 32 cenários. Tudo é muito grande: o elenco conta com 23 atores, e há ainda 20 dançarinas como chacretes e nove músicos na banda. “A temporada está sendo um prazer. Passou aquele nervosismo da estreia, da rapidez das trocas de roupa. Agora é quase puro divertimento!”, afirma Bahia.

O espetáculo fica em cartaz até 1º de março, no Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes.

Comentários

comments