Musical Macunaíma trará indígena de verdade no elenco – Teatro em Cena
Plantão

Musical Macunaíma trará indígena de verdade no elenco

Muito se fala sobre representatividade nas artes cênicas – debate que às vezes desperta resistência em parte da classe artística. Mas o musical “Macunaíma”, que está sendo desenvolvido pela Cia. Barca dos Corações Partidos (de “Auê”, “Suassuna”) e pela diretora Bia Lessa (de “Grande Sertão: Veredas”), vai dar um passo importante neste sentido. A produtora Andrea Alves, da Sarau Agência de Cultura Brasileira, revelou ao Teatro em Cena que o elenco do espetáculo trará uma atriz indígena.

(Foto: Daniel Barboza)
– Tem alguns atores convidados. São 13 atores no elenco no total. Tem uma índia no elenco. Ela entrou no processo de seleção e está trazendo um aprendizado da cultura dela para todo o elenco. Acho que está sendo muito rico para o processo. – adianta a produtora – A gente está também com a participação do Grivo, uma dupla de Minas Gerais, que está trabalhando com a direção musical. Eles têm um elemento de música erudita mais contemporânea.

“Macunaíma” foi publicado em 1928 por Mário de Andrade (1893-1945) e é um marco na literatura modernista brasileira, valorizando a linguagem coloquial. O personagem-título é um herói preguiçoso, nascido em uma tribo amazônica. Ele foi concebido pelo autor a partir de pesquisas sobre as especificidades do povo brasileiro. A história já foi adaptada para o cinema em 1969, com Grande Otelo (1915-1993) no papel principal, mas essa é a primeira adaptação para o teatro musical. É aguardada com expectativa, dado o sucesso de público e de crítica dos musicais anteriores da cia. teatral.

– Posso dizer que a gente está trabalhando muito duro. – diz Andrea – Acho que vai ser surpreendente e muito diferente do que a Barca vem apresentando até agora, porque a Bia Lessa tem um olhar mais contemporâneo e está trabalhando muito com eles a parte corporal. Eu acho que tem algumas surpresas com relação a cenário, que ela está preparando, e muitas músicas novas lindas. Acho que vai ser muito bonito. Um trabalho necessário.

O espetáculo tem estreia marcada para 13 de maio no CCBB, no Centro.

Comentários

comments