Plantão

Na garagem, “encontrando outros modos de fazer teatro”

(Foto: Divulgação / Bruno Mello)

A busca por espaços alternativos na cidade levou um grupo de artistas para uma garagem. Estreia neste sábado (7/7) o espetáculo “A Garagem”, resultado do trabalho do grupo Nómada, que também já montou o igualmente site-specific “A Cozinha”. Desta vez, público e elenco dividirão espaço na garagem da galeria de arte Z42, em uma ruazinha no Cosme Velho próxima ao trem do Corcovado. “Estamos vivendo um contexto caótico para a cultura. A aposta é estar fora da caixa cênica, encontrando outros modos de fazer teatro”, diz o diretor Gunnar Borges (o mesmo de “A Cozinha”). No fim, os espectadores pagam quanto acham que devem.

A galeria já recebeu performances, mas é agora que começa a se abrir para o teatro, mesmo que seja em sua garagem. A montagem foi pensada especialmente para o espaço. “Chegamos a um resultado em que o público vive uma experiência completamente diferente, como se estivesse dentro da própria história”, pontua Gunnar. Na peça, escrita por Felipe Haiut (de “A Cozinha”), que também está em cena, os atores dão vida à história de uma mulher grávida que atropela um homem a caminho de seu próprio chá de bebê e esconde o corpo no porta-malas do carro.

– Encontramos uma forma de pensar poeticamente o turbilhão que a cidade está vivendo. Diante de uma questão de vida ou morte, as personagens são obrigadas a dialogar com suas diferenças. – adianta o diretor.

(Foto: Bruno Mello)

_____
SERVIÇO: sex a seg, 20h30. Contribuição voluntária. 70 min. Classificação: 18 anos. De 7 de julho até 6 de agosto. Galeria Z42 – Rua Filinto de Almeida, 42 – Cosme Velho.

Comentários

comments

Share: