Plantão

Na Pavuna, espetáculo mostra realidade das favelas pelo olhar infantil

A atriz Graciana Valladares (de “Os Caderno de Kindzu”) leva para a Arena Jovelina Pérola Negra, na Pavuna, seu espetáculo “Borboletas”. Ele aposta no olhar sensível das crianças para mostrar a realidade das favelas. A peça, escrita e dirigida pela atriz, que também integra o elenco, leva uma mensagem de transformação e autonomia. Na história, os pequenos Duda, Gio e Bento percebem que a superação de seus problemas só depende de suas descobertas.

(Foto: Divulgação)
– As crianças são bem presentes na peça. Elas brincam com os atores, às vezes cantam algumas músicas, e ficam encantadas com a Borboleta. – Graciana conta ao Teatro em Cena – Mesmo utilizando o tempo todo de metáforas, elas compreendem o que está sendo dito e às vezes falam que já viram o que foi dito. Ou que a pipoca no telhado são os tiros, que é triste quando o Bento morre, ou que quer ser Borboleta e voar. É perceptível que a mensagem chegou nesses momentos. “Borboletas” fala muito de sonhar.

Para a atriz, engana-se quem pensa que as crianças não percebem o que está acontecendo ao seu redor. É importante retratar a vivência real que tantas crianças têm. É isso que ela busca fazer em “Borboletas”, de maneira lúdica. A inspiração veio de sua própria realidade, mas também da observação de suas primas Gio e Duda, que viraram personagens.

– Elas chegaram em casa com uma uva dizendo que iriam dividir com alguém especial e em um lugar especial. Foi aí que a Duda deu a uva para a Gio. Sabemos que uva é uma fruta cara comparada à banana. E esse ato simbólico me chamou a atenção. A uva na peça simboliza os sonhos, que podemos guardar nos bolsos ou saborear. E nós vivemos em comunidade. Tento sempre mostrar para elas outras coisas, e que aqui é um lugar mas o mundo é grande e elas podem estar onde quiserem. A partir daí escrevi uma cena e aos poucos fui aumentando até se transformar nesse espetáculo “Borboletas”. – conta.

(Foto: Divulgação)
_____
SERVIÇO: dom, 16h. R$ 10. Dia 10 de fevereiro. Arena Jovelina Pérola Negra – Praça Enio, s/n – Pavuna. Tel: 2886-3889.

Comentários

comments