Plantão

Nova chance: Navalha na Carne anuncia nova temporada

(Foto: Victor Hugo Cecatto)

A nova montagem de “Navalha na Carne”, dirigida por Gustavo Wabner (de “Sambinha” e “Politicamente Incorretos”), vai emendar temporadas no Rio de Janeiro. Ao realizar sua última sessão no Sesc Copacabana, no domingo (28/4), a produção anunciou que o espetáculo seguirá para o Teatro Glaucio Gill, também em Copacabana, no mês de maio.

A história gira em torno do relacionamento tóxico entre a prostituta Neusa Sueli e seu amante e cafetão Vado. A trama começa quando ela volta de uma noite de trabalho e o encontrana cama, irritado por não ter encontrado o dinheiro que ela deveria ter deixado para ele. Com muita violência e falta de respeito, os dois brigam entre si e colocam contra parede o faxineiro da pensão, Veludo, o principal suspeito de ter roubado a grana. O texto trata de exploração, autoestima, homofobia, machismo e violência doméstica.

A peça, escrita por Plínio Marcos (1935-1999), foi montada pela primeira vez em 1967. Tônia Carrero estrelou a montagem no Rio de Janeiro e lutou pessoalmente pela liberação do texto, proibido pela censura da ditadura militar. Sua interpretação no papel da prostituta Neusa Sueli foi um enorme sucesso e um marco em sua carreira. Cinco décadas depois, é sua neta Luísa Thiré (de “Feliz Por Nada”) quem vive a mesma personagem, em homenagem à avó. Além do espetáculo, o público é contemplado com uma exposição fotográfica com destaques de Tônia no teatro e um vídeo documental sobre a história dela com “Navalha na Carne”.

– Plínio Marcos retrata temas atuais, como violência, poder, homofobia, machismo e espaço da mulher na sociedade. Esses assuntos, minha avó, se viva estivesse, estaria embandeirando e estaria lutando pela liberdade de expressão, liberdade nas artes e cultura, respeito, tolerância, diferenças e pelo amor. Minha avó foi movida pela paixão. Eu sou apaixonada por ela. Sou movida pela paixão que sempre tive por ela e para realizar este projeto. – diz a atriz.

Comentários

comments