Os destaques das estreias e reestreias da semana – Teatro em Cena
Plantão

Os destaques das estreias e reestreias da semana

O mês vira e a programação teatral também. Nesta semana, o carioca será contemplado com uma vasta lista de estreias e reestreias nos teatros do Rio de Janeiro, com opções para gostos diversos. Para quem se atrai por atores famosos, há uma variedade de alternativas: Denise Fraga, Drica Moraes, Mariana Xavier e Tonico Pereira começam temporadas – cada um com um espetáculo diferente.

“A Visita da Velha Senhora”, com Denise Fraga, e “Lifting – Uma Comédia Cirúrgica”, com Drica Moraes (Fotos: Divulgação)

Denise Fraga (de “Galileu Galilei”) e Drica Moraes (de “A Primeira Vista”) dividirão rua – a primeira no Teatro Sesc Ginástico e a outra no Teatro SESI Centro, ambos na Graça Aranha. Denise protagoniza “A Visita da Velha Senhora”, de Friedrich Dürrenmatt, no papel de uma milionária que propõe um assassinato como condição para salvar a população de uma cidade. “Dürrenmatt se faz valer do entretenimento para arrebatar o público para a reflexão”, diz a atriz. Drica, por sua vez, volta ao Rio com “Lifting – Uma Comédia Cirúrgica”, uma sátira à busca incansável por se enquadrar no padrão de beleza por meio de cirurgias plásticas. “A peça é direta, divertida, sarcástica e crítica”, conta a artista, dirigida por Cesar Augusto (de “Círculo da Transformação em Espelho”).

Com “O Último Capítulo”, a atriz Mariana Xavier (de “O Garoto Que Não Sabe Rir”) também quer fazer o carioca rir. A comédia conta a história de um casal em crise e tendo que lidar com isso, já que faltou luz e a mulher não pode ver o último capítulo de sua novela favorita na TV. Mariana contracena com Paulo Mathias Jr. (de “O Cara”) no Teatro Miguel Falabella, no Norte Shopping. Outro global que retorna aos palcos é Tonico Pereira, em um monólogo na pele do filósofo Sócrates. Ele chega ao Teatro da UFF, em Icaraí, Niterói, com “O Julgamento de Sócrates”, sobre a condenação do personagem real por pensar diferente da maioria e, sobretudo, da religião dominante.

“O Último Capítulo”, com Paulo Mathias Jr. e Mariana Xavier, e “O Julgamento de Sócrates”, com Tonico Pereira (Fotos: Divulgação)

Na Zona Sul, a grande novidade da semana fica por conta do novo espetáculo do diretor Gabriel Villela (recentemente visto por aqui com “Boca de Ouro”), que estreia no Teatro Ipanema, com elenco de 13 atores do TCP – Teatro de Comédia do Paraná. “Hoje É Dia de Rock”, peça-biografia do dramaturgo José Vicente, mostra a mudança de uma família do sertão de Minas Gerais para uma capital movida a consumo. “A peça trata da dissolução da identidade da família frente às transformações, muitas vezes trágicas”, destaca o diretor vencedor de 12 Prêmios Shell.

“Hoje É Dia de Rock”, nova montagem de Gabriel Villela (Foto: Vitor Dias)

Se o assunto são prêmios, “Tom na Fazenda” não pode ser esquecido. O espetáculo reestreia no Teatro Cesgranrio, no Rio Comprido, após os protagonistas Armando Babaioff (de “Na Solidão dos Campos de Algodão”) e Gustavo Vaz (de “Sobre Ratos e Homens”) e o diretor Rodrigo Portella (de “Uma História Oficial”) vencerem o Prêmio Cesgranrio. “Manter o espetáculo em cartaz enquanto tiver público para nos assistir se tornou uma regra. Temos que resistir neste tempo em que a cultura é atacada de uma forma muito covarde e cruel”, pontua Babaioff, em cartaz há um ano. Na história, escrita pelo canadense Michel Marc Bouchard, um publicitário gay se confronta com as mentiras de seu namoro ao chegar no velório dele e descobrir que sua sogra nem sabia que ele existia.

Por fim, mas não menos importante, o Rio recebe uma estreia nacional: “A Peça Escocesa”, novo texto de Marcia Zanelatto (de “ELA”), no Teatro Nelson Rodrigues, no Centro. O casal Carolina Pismel (de “ELA”) e Paulo Verlings (de “Conselho de Classe”) dividem a cena com músicos para um novo olhar sobre “Macbeth”, de William Shakespeare (1564-1616). “Creio que o melhor trabalho que posso fazer, ao lidar com uma obra prima como Macbeth, é ouvir as vozes subterrâneas, revelar o que não foi dito no clássico – seja por questões sociopolíticas referentes ao Reino Unido do Século 17 ou por opções de estrutura dramatúrgica – e assim transmiti-lo na atualidade. Não quero contar a história ou adaptá-la”, comenta a autora.

“Tom na Fazenda” (Foto: José Limongi)

“A Peça Escocesa”, com Carolina Pismel e Paulo Verlings (Foto: Paula Kossatz)

_____
HOJE É DIA DE ROCK: sex a seg, 20h30. R$ 50. 80 min. Classificação: 14 anos. De 2 até 19 de março. Teatro Ipanema – Rua Prudente de Morais, 824 – Ipanema. Tel: 2267-3750.

_____
O JULGAMENTO DE SÓCRATES: sex a dom, 20h. R$ 50. Classificação: 10 anos. De 2 até 17 de março. Teatro da UFF – Rua Miguel de Frias, 9 – Icaraí. Tel: 3674-7512.

_____
LIFTING – UMA COMÉDIA CIRÚRGICA: qui a sáb, 19h; dom, 18h. R$ 40. 70 min. Classificação: 12 anos. De 1º de março até 1º de abril. Teatro Sesi Centro – Avenida Graça Aranha, 1 – Centro. Tel: 2563-4163.

_____
A PEÇA ESCOCESA: qui a dom, 19h. R$ 10 (balcão) a R$ 20 (plateia). 60 min. Classificação: 14 anos. De 3 de março até 1º de abril. Teatro da Caixa Nelson Rodrigues – Avenida República do Chile, 230 – Centro. Tel: 3509-9600.

_____
TOM NA FAZENDA sáb e dom, 20h. R$ 40. 110 min. Classificação: 18 anos. De 3 de março até 1º de abril. Teatro Cesgranrio – Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido. Tel: 2103-9682.

_____
A VISITA DA VELHA SENHORA: qui a sáb, 19h; dom, 18h. R$ 30. 120 min. Classificação: 14 anos. De 1º até 25 de março. Teatro Sesc Ginástico – Avenida Graça Aranha, 18 – Centro. Tel: 2279-4027.

_____
O ÚLTIMO CAPÍTULO: qui a sáb, 21h; dom, 20h. R$ 50. 60 min. Classificação: 10 anos. De 1º de março até 1º de abril. Teatro Miguel Falabella – Norte Shopping – Dom Hélder Câmara, 5332 – Cachambi. Tel: 2597-4452.

Comentários

comments