Crítica

Os destaques do teatro no segundo semestre de 2017

Os espetáculos mais bem avaliados do Teatro em Cena no 2º semestre de 2017

Chegou o momento de conhecer os espetáculos mais bem avaliados em críticas do Teatro em Cena! Depois da lista das montagens que se destacaram no primeiro semestre do ano, o site divulga sua lista com os destaques do segundo semestre – que teve opções para todos os gostos. Confira!

Bituca – Milton Nascimento Para Crianças


“Grande conjunto de atuações, excelente desenvolvimento do texto em conjunto a genialidade da obra de Milton Nascimento adaptado em um divertido musical para crianças”.

Continuação do projeto “Grandes Músicos Para Pequenos”, o musical infantil apresenta as músicas de Milton Nascimento para as crianças, em uma história inspirada em sua biografia. Escrita por Pedro Henrique Lopes, a peça acompanha a adoção de Bituca, como era chamado, e sua adaptação na aristocracia mineira, tratando de preconceito racial de forma lúdica. Com Udylê Procópio, Martina Blink, Aline Carrocino, Pedro Henrique Lopes, Anna Paula Black e Marina Mota. Direção de Diego Morais.

A Gaiola


“Lindo espetáculo para as crianças e para toda a família.”

Adaptação do livro infantil escrito por Adriana Falcão, inspirado em seu divórcio com João Falcão. Na trama, uma menina e um passarinho têm seu amor confrontado pelo desejo de liberdade: a ave adora ficar com a menina, mas sente falta de sua liberdade fora da gaiola. Com isso, os dois têm que enfrentar a separação. O elenco é formado por Carol Futuro e Pablo Áscoli, com direção de Duda Maia.

O Jornal – The Rolling Stone


“É uma história que precisa ser contada, como alerta. Difícil não sair do teatro mexido. É um espetáculo necessário.”

Inspirado em um jornal real que divulgou uma lista de 100 homossexuais na Uganda, incitando os leitores a caçá-los, a peça britânica de Chris Urch conta a história de um jovem adolescente gay vítima da discriminação no país. Forçado pelas circunstâncias a esconder seu namoro, ele ainda enfrenta o preconceito dentro de casa, com uma família extremamente religiosa, e tem que decidir se vai ficar na Uganda e abdicar do direito de ser quem é ou fugir com o namorado por conta da perseguição do jornal. Com André Luiz Miranda, Danilo Ferreira, Heloísa Jorge, Indira Nascimento, Marcella Gobatti e Marcos Guian, dirigidos por Kiko Mascarenhas e Lázaro Ramos.

Agosto


“É realmente de dar pena dos Weston. Ótimo espetáculo!”

Versão brasileira de “August: Osage County”, de Tracy Letts, vencedor do Prêmio Pulitzer. Na história, irmãs de uma família desgarrada voltam a se reunir com a mãe quando o pai é dado como desaparecido. De volta ao lar onde cresceram, retomam antigos conflitos, revelam mágoas e segredos, e confrontam mais uma vez a impossível convivência. Com Guida Vianna, Letícia Isnard, Alexandre Dantas, Claudia Ventura, Claudio Mendes, Eliane Costa, Guilherme Siman, Isaac Bernat, Julia Schaeffer, Lorena Comparato e Marianna Mac Niven, dirigidos por André Paes Leme.

O Abacaxi


“Com alto domínio da dramaturgia, Debom e Rocha improvisam, criam diálogos com a plateia, brincam com quem conhecem e acabam por criar um clima realmente amigável para todos na sala”.

Comédia que marca a estreia de Verônica Debom como dramaturga. A peça mostra diferentes esquetes sobre conflitos de relacionamentos amorosos em seus mais contemporâneos formatos: monogamia, poligamia, trisal, amizadecolorida… Em cena, Verônica contracena com Felipe Rocha, com direção de Debora Lamm.

Um Bonde Chamado Desejo


“O que Maria Luisa Mendonça faz no palco é impressionante e me faltam palavras para expressar a qualidade de seu preciosismo e sua total entrega. Todos elogios são poucos. Esse é certamente o papel de sua vida”.

Montagem de Rafael Primot para o famoso texto de Tennessee Williams. Na história, a professora de literatura Blanche Dubois se encontra falida e é obrigada a buscar a casa da irmã, que não vê há tempos. Uma vez lá, é forçada a conviver com o cunhado, que confronta suas mentiras, ilusões e mundo imaginário criados para lidar com a dura realidade da vida. Com Maria Luisa Mendonça, Eduardo Moscovis, Virgínia Buckowski, Donizeti Mazonas, Fabricio Licursi, Nana Yazbek e Davi Novaes.

Fauna


“A presença de Erom Cordeiro está especialmente forte neste trabalho, com movimentações e entonações sábias. É inquietante assisti-lo”.

Texto importado da dramaturga argentina Romina Paula, com direção de Erika Mader e Marcelo Grabowsky no Brasil. O espetáculo acompanha a estadia de um diretor e uma atriz que viajam para o campo a fim de fazer um laboratório e uma pesquisa sobre Fauna, uma amazona intelectual. Lidando com o filho bronco da retratada, a equipe é incitada a refletir cada vez mais sobre realidade e representação, mito e fato, personagem e pessoa. Com Eduardo Moscovis, Erika Mader, Erom Cordeiro e Kelzy Ecard.

Fora da Caixa


“Em tempos de crises, tantas e em diversos aspectos, ‘Fora da Caixa’ torna-se relevante na cena teatral: sabe o que quer dizer e como falar”

Sucesso em horário alternativo na Sede das Cias, o espetáculo trata do poliamor a partir da história de um casal que abre a relação para mais uma pessoa e, em seguida, para diferentes possibilidades. O texto de Claudia Mele e Ivan Sugahara, que assina a direção, propõe uma revisão dos modelos tradicionais normativos de sexualidade, gênero e monogamia. Fazem parte do elenco Catarina Saibro, Fábio Cardoso, Thiago Ristow, Rebecca Leão e Ricardo Cabral.

Os Sete Gatinhos


“Ótimos trabalhos. Essa montagem se faz especial”.

Nova montagem da peça de Nelson Rodrigues, com direção de Bruce Gomlevsky. Na história, todas as filhas do contínuo Seu Noronha se prostituem para bancar os estudos da irmã menor – virgem – e garantir que ela terá um casamento digno. Contudo, certo dia, a menina é expulsa do colégio interno porque matou uma gatinha grávida, o que gera uma série de consequências irreparáveis. Com Alice Borges, Tonico Pereira, Lourival Prudêncio, Karen Coelho, Louise Marrie, Luiza Maldonado, Patricia Callai, Ingrid Gaigher, Gustavo Damasceno, Jaime Lebovitch, Luiz Furlanetto e Thiago Guerrant.

Comentários

comments

Share: