Premiações

Prêmio Botequim Cultural anuncia indicados e data para votação popular

(Foto: Rodrigo Lopes/Divulgação)

Já está divulgada a lista completa de indicados ao Prêmio Botequim Cultural, que pela primeira vez terá uma cerimônia para entrega dos troféus. “Bibi – Uma Vida em Musical”, estrelado por Amanda Acosta, lidera a lista com total de 10 nomeações na 7ª edição da premiação. Também se destacam “70? Década do Divino Maravilhoso – Doc. Musical”, com sete indicações, e os infantis “Isaac no Mundo das Partículas” e “Thomas e as Mil e uma Invenções”, cada um com seis nomeações.

O Prêmio Botequim Cultural é organizado em duas etapas. Na primeira, o júri formado por Gilberto Bartholo, Renato Mello, Sergio Fonta, Wagner Correa de Araújo e Zé Helou vota nos destaques do ano e forma a lista de nomeados. Na segunda etapa, a votação é aberta ao público. O link para a votação popular ficará disponível no site do Botequim Cultural entre 21 de janeiro e 18 de fevereiro.

Os vencedores serão anunciados no dia 20 de fevereiro no Teatro Sesi Centro. Confira a lista de nomeados:

DRAMA/COMÉDIA
Melhor Espetáculo
– A Visita da Velha Senhora
– Grande Sertão: Veredas
– Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?
– A Invenção do Nordeste
– Dogville
– Tebas Land

Melhor Direção
– Bia Lessa(Grande Sertão: Veredas)
– Gabriel Villela(Boca de Ouro e Hoje é Dia de Rock)
– Jorge Farjalla(Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?)
– Quitéria Kelly (A Invenção no Nordeste)
– Victor García Peralta (Tebas Land)
– Zé Henrique de Paula (Dogville)

Autor(Original/Adaptado)
– Fabiano Barros(Memória D’Alma)
– João Batista(Ouvi dizer que a Vida é Boa)
– Leonardo Netto(A Ordem Natural das Coisas)
– Henrique Fontes e Pablo Capistrano (A Invenção do Nordeste)
– Miriam Halfim (Meus Duzentos Filhos)
– Renata Mizrahi (O que é que ele tem)

Ator
– Caio Blat(Grande Sertão: Veredas)
– Claudio Mendes(Maria!)
– João Velho(A Ordem Natural das Coisas)
– Bruce Gomlevsky (Memórias do Esquecimento)
– Otto Jr. (Tebas Land)
– Robson Torinni (Tebas Land)

Atriz
– Carol Machado(Ouvi Dizer que a Vida é Boa)
– Denise Fraga(A Visita da Velha Senhora)
– Juliana Teixeira(Memória D’Alma)
– Ana Kfouri (Uma Frase Para Minha Mãe)
– Nena Inoue (Para Não Morrer)
– Yasmin Gomlevsky (Um Tartuffo)

TEATRO MUSICAL
Melhor Espetáculo

– Bibi, uma Vida em Musical
– O Homem de la Mancha
– Romeu + Julieta
– 70? A Década do Divino Maravilhoso – Doc Musical
– A Noviça Rebelde
– Elza

Melhor Diretor
– Guilherme Leme Garcia(Romeu + Julieta)
– Miguel Falabella(O Homem de la Mancha)
– Tadeu Aguiar(Bibi, uma Vida em Musical)
– Charles Möeller (A Noviça Rebelde)
– Duda Maia (Elza)
– Frederico Reder (70? A Década do Divino Maravilhoso – Doc Musical)

Melhor Autor(Original/Adaptado)
– Artur Xexéo e Luanna Guimarães(Bibi, uma Vida em Musical)
– Eduardo Rieche e Gustavo Gasparani(pela adaptação de Romeu + Julieta)
– Leandro Muniz(A Vida Não é um Musical)
– Hugo Sukman e Marcos França (Com Amor, Vinícius)
– Marcos Nauer (70? A Década do Divino Maravilhoso – Doc Musical)
– Vinicius Calderoni (Elza)

Melhor Ator
– Chris Penna(Bibi, uma Vida em Musical)
– Cleto Baccic(O Homem de la Mancha)
– Hugo Bonemer(Yank – O Musical)
– João Felipe Saldanha (Pippin)
– Rodrigo Naice (70? A Década do Divino Maravilhoso – Doc Musical)
– Tauã Delmiro (70? A Década do Divino Maravilhoso – Doc Musical)

Melhor Atriz
– Amanda Acosta(Bibi, uma Vida em Musical)
– Daniela Fontan(A Vida Não é um Musical)
– Malu Rodrigues(Se Meu Apartamento Falasse)
– Larissa Luz (Elza)
– Malu Rodrigues (A Noviça Rebelde)
– Soraya Ravenle (Isaura Garcia, o Musical)

TEATRO INFANTOJUVENIL
Melhor Espetáculo

– Contos Partidos de Amor
– Isaac no Mundo das Partículas
– Thomas e as Mil e uma Invenções
– Diário de Pilar na Grécia
– O Choro de Pixinguinha
– Tropicalinha – Caetano e Gil Para Crianças

Melhor Direção
– Duda Maia(Contos Partidos de Amor)
– Fabianna Mello e Souza(Thomas e as Mil e uma Invenções)
– Joana Lebreiro(Isaac no Mundo das Partículas)
– Diego Morais (Tropicalinha – Caetano e Gil para Crianças)
– Isaac Bernat (A Rosa e a Semente)
– Sérgio Módena (O Choro de Pixinguinha)

Melhor Autor(Original/Adaptado)
– Eduardo Rios(Contos Partidos de Amor)
– Joana Lebreiro(Isaac no Mundo das Partículas)
– Vanessa Dantas(Thomas e as Mil e uma Invenções)
– Ana Velloso e Vera Novello (O Choro de Pixinguinha)
– Diogo Magalhães, Helena Stewart, Isaac Bernat, Lucas Oradovschi, e Marina Bezze (Rosa e a Semente)

Melhor Ator
– Gabriel Stauffer(Thomas e as Mil e uma Invenções)
– João Lucas Romero(Isaac no Mundo das Partículas)
– Tiago Herz(Contos Partidos de Amor)
– Édio Nunes (O Choro de Pixinguinha)
– Orlando Caldeira (Tropicalinha – Caetano e Gil Para Crianças)
– Pedro Monteiro (Diário de Pilar na Grécia)

Melhor Atriz
– Isadora Medella(Contos Partidos de Amor)
– Leticia Medella(Thomas e as Mil e uma Invenções)
– Thais Belchior(Thomas e as Mil e uma Invenções)
– Helena Stewart (A Rosa e a Semente)
– Miriam Freeland (Diário de Pilar na Grécia)
– Viviana Rocha (Diário de Pilar na Grécia).

ATOR/ATRIZ EM PAPEL COADJUVANTE(sem distinção de segmento)
Ator Em Papel Coadjuvante
– André Dias(Se Meu Apartamento Falasse)
– Leo Bahia(Bibi, uma Vida em Musical)
– Vitor Thiré(Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?)
– Du Machado (Senhora dos Afogados)
– Ney Piacentini (Lugar Nenhum)
– Nilton Bicudo (Molière, uma Comédia Musical)

Atriz Em Papel Coadjuvante
– Luísa Arraes(Grande Sertão: Veredas)
– Luiza Lemmertz(Grande Sertão: Veredas)
– Mel Lisboa(Boca de Ouro)
– Georgette Fadel (Molière, uma Comédia Musical)
– Nicette Bruno (Pippin)
– Selma Egrei (Dogville)

CATEGORIAS TÉCNICAS(sem distinção de segmento)
Direção Musical
– Fabiano Krieger e Gustavo Salgado(A Vida Não é um Musical)
– Jules Vandystadt(Yank, O Musical)
– Tony Lucchesi(Bibi, uma Vida em Musical)
– Gilson Fukushima (Molière, uma Comédia Musical)
– Jules Vandystadt (70? A Década do Divino Maravilhoso – Doc Musical)
– Pedro Luís (Elza)

Cenografia
– José Dias(Vou Deixar de Ser Feliz por Medo de Ficar Triste?)
– Natalia Lana(Bibi, uma Vida em Musical)
– Ronaldo Fraga(A Visita da Velha Senhora)
– Marisa Bentivegna (Carmen)
– Doris Rollemberg (A Última Aventura é a Morte)
– José Dias (Senhora dos Afogados)

Figurino
– Claudio Tovar(O Homem de la Mancha)
– Eduardo Giacomini(Nuon)
– Gabriel Villela(Boca de Ouro e Hoje é Dia de Rock)
– Bruno Perlatto (70? A Década do Divino Maravilhoso)
– João Pimenta (Dogville)
– Maria Duarte e Márcia Pitanga (Um Tartuffo)

Iluminação
– Beto Bruel e Rodrigo Ziolkowski(Nuon)
– Daniela Sanchez(Os Guardas de Taj)
– Rogério Wiltgen(Bibi, uma Vida em Musical)
– Fran Barros (Dogville)
– Rogério Wiltgen (Pippin)
– Russinho (Memórias do Esquecimento)

PRÊMIO ESPECIAL(Artista ou manifestação relevante ao cenário teatral carioca)
– Cia. dos Atores, pela permanente busca de inovação ao longo de 30 anos de trajetória.
– Estúdio Lusco-Fusco pela brilhante fusão de diferentes linguagens no espetáculo “Ilhada em Mim – Sylvia Plath”
– Sueli Guerra pelo trabalho de coreografia e direção de movimento no espetáculo “Bibi, uma Vida em Musical”.
– Daniel Schenker, pela minuciosa pesquisa de preservação da memória teatral no livro “Teatro dos 4 – A Cerimônia do Adeus do Teatro Moderno”.
– Miguel Vellinho, pelo espetáculo “A Última Aventura é a Morte”, que se utiliza de uma linguagem inovadora, denunciando discursos extremistas presentes na sociedade contemporânea.
– Vem! Ágora, pela residência artística do Teatro Ipanema, revitalizando o espaço e dignificando os 50 anos de existência e resistência, comemorados em 2018

Comentários

comments