.Premiações

Prêmio do Humor anuncia seus indicados

O colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, divulgou os indicados à 2ª edição do Prêmio do Humor, idealizado por Fabio Porchat. O grande destaque é o espetáculo “Pagliacci”, da Cia. La Mínima, que cumpriu temporada até o dia 17 no Teatro Sesc Ginástico. A montagem, inspirada na ópera homônima de Ruggero Leoncavallo, é a primeira da companhia sem o ator Domingos Montagner (1962-2016), idealizador do projeto. Ela concorre em todas as categorias da premiação.

“Pagliacci” (Foto: Paulo Barbuto / Divulgação)

Outros destaques da lista de nomeados são o musical “[nome do espetáculo]”, uma importação da Broadway, e o monólogo de Mônica Martelli “Minha Vida em Marte”, ambos presentes em quatro categorias. O musical concorre como melhor direção, performance, peça e especial. O solo disputa os prêmios de melhor texto, direção, peça e performance. Confira todos os nomes concorrentes:

“[nome do espetáculo]”
(Foto: Manuela Hashimoto)

“Minha Vida em Marte”
(Foto: Dalton Valério)

TEXTO
Jefferson Schroeder, por A Produtora e a Gaivota
Mônica Martelli, por Minha Vida em Marte
Luís Alberto de Abreu, por Pagliacci

DIREÇÃO
Susana Garcia, por Minha Vida em Marte
Tauã Delmiro, por [nome do espetáculo]
Chico Pelúcio, por Pagliacci

PEÇA
A Produtora e a Gaivota
Karaokê – O Monólogo
Sterblitch Não Tem um Talk Show
Minha Vida em Marte
[nome do espetáculo]
Pagliacci

PERFORMANCE
Evelyn Castro, por Karaokê – O Monólogo
Mônica Martelli, por Minha Vida em Marte
Eduardo Sterblitch, por Sterblitch Não Tem um Talk Show
Jefferson Schroeder, por A Produtora e a Gaivota
Fernando Sampaio, por Pagliacci
Carla Candiotto, por Pagliacci
Ingrid Klug, por [nome do espetáculo]
Alexandre Lino, por O Porteiro

CATEGORIA ESPECIAL
Caio Scot, Junio Duarte, Carol Berres, Luísa Vianna e Tauã Delmiro, pela versão brasileira do texto e das canções de [nome do espetáculo]
Fernando Sampaio e Domingos Montagner pela concepção de Pagliacci, transpondo uma ópera clássica para o universo circense
Rodrigo Geribello, pelo trabalho de sonoplastia vocal em A Morte Acidental de um Anarquista

A data da cerimônia não foi anunciada ainda. O júri é formado por Antonio Tabet, Aloisio de Abreu, Bemvindo Sequeira, Sura Berditchevsky e Rafael Teixeira. Eles decidirão os vencedores.

Comentários

comments