Plantão

Peça com José Wilker na direção busca patrocínio para sair do papel

José Wilker aguarda a conquista de patrocínio para dirigir a montagem brasileira do drama de guerra “Time Stands Still”, indicado a dois Tony Awards e ainda inédito no Brasil. Os direitos da peça, escrita por Donald Marguiles (de “Dinner with Friends”), estão com a atriz Ester Jablonski (de “Silêncios Claros”) há dois anos. “Não consegui patrocínio até agora. E essa é uma peça que não dá para fazer sem. Não tem como bancar essas pessoas”, disse ao Teatro em Cena, referindo-se ao elenco, completado por Zécarlos Machado (de “Retratos Falantes”), Gustavo Machado (de “Razões Para Ser Bonita”) e Adelaide de Castro (de “Clandestinos”). “Estamos correndo atrás. Tem os editais, mas são poucos, e todo mundo quer os mesmos. É tudo muito caro, é uma coisa complicada”.

Originalmente ambientada no Brooklyn, a peça acompanha o retorno da correspondente de guerra Sarah para casa, depois de ter sido bombardeada e ficado em coma no Iraque. Ela reencontra o namorado e colega de trabalho James sentindo-se culpado por ter deixado-a sozinha no país, e o editor Richard, agora com uma namorada muito mais nova do que ele. Na Broadway, o espetáculo rendeu uma indicação ao Tony para a atriz Laura Linney, intérprete da Sarah.

Veja um vídeo da montagem americana:

No Brasil, o roteiro foi traduzido por João Gabriel e ganhou o título de “Quando o Tempo Para”. Sua montagem é orçada em R$ 400 mil, de acordo com o projeto apresentado no site Judicial Care.

Comentários

comments