Filipe Vicente

SP: Annie eleva patamar do teatro musical no Brasil

SÃO PAULO – Desde 30 de agosto, o público brasileiro pode conferir no Teatro Santander, em São Paulo, a primeira versão nacional do musical “Annie”. Baseada na história em quadrinhos “Little Orphan Annie”, de Harold Gray, a produção traz Ingrid Guimarães como Sra. Hannigan e Miguel Falabella como Oliver Warbucks. Luiza Gattai, Maria Clara Rosis e Sienna Belle se intercalam no papel-título. As protagonistas foram selecionadas entre mais de 3.500 crianças que participaram das audições em cidades como Curitiba, Brasília, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.

(Foto: Divulgação)

Deixada recém-nascida na porta de um orfanato, Annie acredita que seus pais estejam vivos e voltarão para buscá-la. Cansada de esperar, a garota foge da casa comandada pela politicamente incorreta Sra. Hannigan. Após viver algumas aventuras na rua, Annie retorna ao orfanato onde é escolhida para passar o Natal ao lado de Oliver Warbucks, um solitário milionário. Com texto de de Thomas Meehan, música de Charles Strouse e letras de Martin Charnin, “Annie” estreou na Broadway em 1977 e venceu seis prêmios Tony, incluindo Melhor Musical.

São quase cinquenta artistas no elenco de “Annie”, incluindo mais de vinte crianças e os cachorros Scot e Lisa, responsáveis por interpretar o personagem Sandy. Embora o elenco infantil se saia muito bem (a prévia assistida pelo Setor VIP em 28 de agosto teve no papel principal a graciosa Sienna Belle), Ingrid Guimarães é sem dúvidas a grande estrela do espetáculo. Apesar de seus números musicais não chamarem atenção nem para o bem e nem para o mal (a artista executa de maneira satisfatória o que se propõe a fazer musicalmente), suas cenas são engraçadíssimas. Dirigida por Miguel Falabella, a atriz encara a desvairada vilã da forma mais natural que o papel permite, tornando suas entradas aguardadas com ansiedade pelo público e transformando suas saídas em momentos pesarosos para a plateia, que espera seu retorno ávida por um pouquinho mais de seu talento arrebatador. Se não estivesse rodeada de grandes talentos, valeriam o preço do ingresso apenas os momentos frente à Ingrid Guimarães.

Na equipe criativa se destacam Matt Kinley, responsável pela fenomenal cenografia; Mike Robertson, pelo delicado desenho de luz; e Ligia Rocha e Marco Pacheco, criadores do extenso e criativo figurino. “Annie” é produzido pelo Atelier de Cultura, produtora responsável por montagens como “O Homem de La Mancha” (2014) e “A Noviça Rebelde” (2018), recente parceria com Charles Möeller e Claudio Botelho. Em breve, a empresa produzirá as versões nacionais do premiado “Billy Elliot” e do empolgante “School of Rock”.

“Annie” está em cartaz no Teatro Santander (Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041 – Itaim Bibi), em São Paulo, quintas (21h), sextas (21h), sábados (16h30 e 21h) e domingos (15h e 19h). As entradas custam de R$37,50 (meia) a R$310,00 (inteira) e podem ser compradas através do site oficial do Ingresso Rápido. Atenção: o elenco do espetáculo pode sofrer alterações sem aviso prévio. “Annie” tem classificação indicativa livre e duração de aproximadamente 2h40, incluindo um intervalo de 15 minutos. Inicialmente até 28 de outubro. Imperdível.

Publicado originalmente no SETOR VIP.

Comentários

comments

Share: