Coluna Social

Tauã Delmiro usa look “bem menininha” em premiação: “roupa não tem gênero”

Indicado ao Prêmio Cesgranrio de melhor ator em teatro musical, Tauã Delmiro (de “70? Década do Divino Maravilhoso – Doc. Musical”) usou a cerimônia para fazer uma afirmação política. Ele substituiu o típico traje black-tie masculino por um figurino mais andrógino, com direito a salto alto. “Preparei algo bem menininha”, disse no Instagram Stories do Teatro em Cena.

O figurino foi notado pelos outros convidados e Tauã recebeu muitos elogios. “Tenho uma relação muito forte com moda. Acho que moda é muito sobre expressão. Desde pequeno, gostava de coisas muito extravagantes”, explicou o ator ao término da cerimônia, “acho também que sempre fui muito estimulado a me vestir da forma como eu me identificava, porque as pessoas me validavam e achavam isso muito interessante. Acho que é muito importante a gente, principalmente neste momento que estamos vivendo, usar nosso corpo como plataforma para se expressar. Não devemos nos prender a rótulos e gêneros. De fato, acho que roupa não tem gênero. Outra busca que eu tenho é de moda sustentável, consumo consciente. Acho que a gente também é responsável pelas transformações que quer ver no planeta”.

O posicionamento do artista acontece semanas depois da Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damares Alves causar polêmica no país ao dizer que o novo governo significa o início “de uma nova era: menino veste azul e menina veste rosa”. Em declaração posterior, ela completou: “fiz uma metáfora contra a ideologia de gênero, mas meninos e meninas podem vestir azul, rosa, colorido, enfim, da forma que se sentirem melhores”.

Comentários

comments