.Plantão

Teatro do Jockey vai reabrir graças a iniciativa privada

Fechado há dois anos, o Teatro do Jockey vai reabrir suas portas em 11 de agosto, de acordo com o jornal O Globo. O espaço, que era da prefeitura, foi assumido pela iniciativa privada e passa a se chamar Teatro XP Investimentos. A reforma custou R$ 4,5 milhões e ampliou a capacidade da sala em quase o dobro: agora terá 356 assentos. A inauguração se dará com “A Casa dos Budas Ditosos”, monólogo apresentado por Fernanda Torres, com direção de Domingos Oliveira.

(Foto: Divulgação)

Os sócios da empresa LGL Promoções – Luiz Guilherme Niemeyer, João Luiz Niemeyer, João Guilherme Magalhães e André Torós – assumem o teatro. Em declaração ao jornal, Luiz Guilherme Niemeyer destaca os benefícios do espaço: “a localização geográfica do espaço, no coração da Zona Sul, e um grande ponto de efervescência cultural, coloca-o em local privilegiado e de fácil acesso para todos. Por estarmos dentro do Jockey Club, contamos com segurança, conforto e estacionamento automatizado com aproximadamente 600 vagas”.

Quanto à programação, a meta da gestão é ter atrações diárias, de segunda a segunda. Além de peças adultas e infantis, o local receberá shows musicais e até talk show. A curadoria será do ator e produtor Silvio Guindane (de “Balada de um Palhaço”), que tem 33 anos e quase duas décadas de carreira. Jovem, mas com experiência. Ele já acertou para setembro e outubro o Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens (FIL), de Karen Acioly. De acordo com O Globo, o teatro também está em negociações para trazer a montagem paulista de “Um Bonde Chamado Desejo”, que deu o Prêmio Shell ao diretor Rafael Gomes (de “Gota D’água [a seco]”). Promete!

Comentários

comments

Share: