Tudo grátis! Veja a programação do FESTLIP – Teatro em Cena
Plantão

Tudo grátis! Veja a programação do FESTLIP

O FESTLIP – Festival Internacional das Artes da Língua Portuguesa chega a sua 10ª edição neste ano. O evento, que promove o intercâmbio entre artistas de diferentes países de língua portuguesa, ocorrerá entre quinta (8/11) e domingo (11/11) em espaços como o Teatro Firjan SESI, no Centro, e a Casa Firjan, em Botafogo. A programação é inteiramente gratuita e inclui espetáculos, shows e workshops para profissionais da área.

“As Centenárias”: montagem portuguesa do Teatro Meridional é destaque na programação (Foto: Nuno Figueira)

Participam artistas da Angola, de Moçambique, de Portugal e do Brasil. Nesta edição, a grande homenageada é a Cia. Teatro Meridional, de Portugal, que vai apresentar sua montagem da peça “As Centenárias”, escrita pelo dramaturgo brasileiro Newton Moreno. Haverá sessões de quinta a sábado, às 19h, no Teatro Firjan SESI. Quem não puder ir poderá assistir pela Internet. Com foco na tecnologia, o festival planeja transmitir todos seus eventos ao vivo em seu site oficial.

– A conectividade é uma forma do FESTLIP se tornar cada vez mais um festival mundial. Além das transmissões ao vivo na internet, a TPA Internacional, rede de televisão de Angola, virá cobrir o festival para fazer um programa que será exibido lá, em Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e em toda a Europa. Até o ano passado, nosso público somava mais de 280 mil pessoas. Com a transmissão das emissoras de Angola e Moçambique no ano passado e este ano, a audiência será na casa dos milhões. – sinaliza Tânia Pires, criadora e diretora artística do FESTLIP.

Programação

As Centenárias
Teatro Firjan SESI Centro – Av. Graça Aranha, 1 – Centro

Dias 8 (estreia para convidados) a 10/11 às 19h – Duração: 1h50

Sinopse: Socorro e Zaninha, uma por vocação e outra por escolha, são as mais antigas carpideiras do sertão do Cariri, no nordeste do Brasil. Trazendo de Lisboa o sotaque do nordeste e reacendendo a profissão de carpir os mortos, elas retomam uma tradição que foi extinta em Portugal nos idos anos de 1970. Sendo centenárias, não são velhas, são antigas, e choram os mortos dos outros, em cânticos, orações e lágrimas, tudo fazendo para permanecer vivas, fugindo e afugentando a Morte. Enquanto no presente esperamos com elas uma personagem que está a demorar a “desencarnar-se”, revisitamos alguns acontecimentos do seu passado que nos remetem para o início da relação entre estas duas mulheres, carpideiras e amigas, e iremos com elas a vários dos velórios que fizeram parte do seu percurso profissional e humano. Assim, o Teatro Meridional de Portugal viaja por uma das belas histórias da dramaturgia brasileira, assinada por Newton Moreno, que já teve seu texto também montado por atrizes brasileiras com enorme sucesso.

Ficha técnica:

Grupo: Teatro Meridional | Texto: Newton Moreno | Encenação e Dramaturgia: Natália Luiza | Interpretação: Catarina Guerreiro, Flávia Gusmão e Sílvia Filipe | Cenário e Figurinos: Marta Carreiras | Assistente de Cenografia e Direção de Cena: Marco Fonseca | Música Original e Espaço Sonoro: Rui Rebelo | Desenho de Luz: Miguel Seabra | Operação Técnica: Paulo Gomes | Assistência de Encenação: Rosinda Carvalho | Direção Artística do Teatro Meridional: Miguel Seabra e Natália Luiza

Sonoridade Poética

Teatro Firjan Sesi Centro – Av. Graça Aranha, 1 – Centro

Dia 11/11 às 19h

O espetáculo Sonoridade Poética, dirigido pelo encenador português Miguel Seabra, mergulha no universo lúdico da poesia, imagem e sotaques. Com a participação de atores dos nove países que falam português e com um cenário imagético destes países, o público terá papel fundamental nesta composição. Uma experiência sensorial inédita de interagir com a língua e suas diversas formas de falar.

Direção: Miguel Seabra / Encenador Portugal | Atores: Leonardo Miranda (Brasil), Lisa Reis (Cabo Verde), Horácio Guiamba (Moçambique), Suelma Mário (Angola), Susana Vitorino (Portugal), Rossana Prazeres (São Tomé e Príncipe), William Ntchalá (Guiné-Bissau), Carvarino Carvalho (Timor Leste) e Elena Iyanga (Guiné Equatorial). | Idealizadora: Tânia Pires | Realização: FESTLIP_FESTIVAL | Produtora executiva: Malu Faria | Elaboração e desenvolvimento tecnológico/projeção: Spice Projetos.

Workshop de cenografia

Construção cênica de As Centenárias, por Marta Carreiras

Local a definir

De 03 a 05/11

Gratuito. Inscrições pelo email oficinasfestlip@talu.com.br, até 5/11

Este workshop irá propor um espaço de pesquisa e experimentação em torno do tema da cenografia, dirigido a um objeto de construção particular – cenário e figurinos para um espetáculo específico – AS CENTENÁRIAS, do autor brasileiro Newton Moreno, que será apresentado ao público durante a programação do festival.

Dentro de um contexto de criação marcado pela prática artística desenvolvida pelo Teatro Meridional, será utilizada a escala real e as necessidades para a cena, em um processo onde a reflexão teórica surge como consequência natural da observação e análise da prática.

A qualidade do olhar, o vínculo da comunicação, a transformativa e a escala serão as temáticas constantes a serem questionadas diretamente no palco. Este formato de trabalho que utilizará um texto específico, a escala real, uma sala de espetáculos e uma plateia, permitirá uma aproximação à realidade da profissão que dificilmente se consegue em um contexto de aprendizagem, disponibilizando uma plataforma de experimentação orientada.

FESTLIPinho – Rolezinho da Língua Portuguesa

Cacef Morro de São Carlos – Rua União, 58 – Estácio

Dia 07/11 às 14h

Apresentação musical, teatral e interativa com atores dos nove países que falam português para jovens de 10 a 15 anos. Os atores fazem um ‘rolé’ no Ponto de Cultura CDLIP, na comunidade do Morro de São Carlos. Traz para perto suas culturas, histórias e tradições.

Workshop E se um dia, tudo, por Miguel Seabra

Teatro Firjan SESI Centro – Av. Graça Aranha, 1 – Centro

Dia 09/11, de 14h às 18h

Este workshop é destinado a atores e bailarinos profissionais e encenadores de artes cênicas. Inscrições pelo email oficinasfestlip@talu.com.br, até o dia 5/11

Em sintonia com os processos de trabalho do Teatro Meridional, este workshop abordará uma teatralidade que incide sobre a definição, a sutileza e o rigor da performance do ator, a relação com a palavra e o espaço cênico e de como expressar essa dinâmica na comunicação com o público.

Recital poético Elas

Jardins da Casa Firjan – R. Guilhermina Guinle, 211 – Botafogo

Dia 10/11 às 15h

Com as atrizes Natália Luiza (Portugal) e Zezé Motta, o recital mergulhará nas obras de poetisas dos países de língua portuguesa.

FESTLIPSHOW

Casa Firjan – Rua Guilhermina Guinle, 211 – Botafogo

Dia 10/11, às 16h30

O FESTLIPSHOW traz para os jardins da Casa Firjan um final de tarde mergulhado nos ritmos angolanos com a voz e o violão do músico Paulo Matomina.

Comentários

comments