Plantão

Uma Vida Boa confirma nova temporada no CCJF

Depois de se apresentar no Oi Futuro Flamengo, a peça “Uma Vida Boa”, de Rafael Primot (de “Um Sonho Para Dois”), com direção de Diogo Liberano (de “Vermelho Amargo”), confirmou uma nova temporada, desta vez no Centro Cultural da Justiça Federal, no Centro. A partir do dia 16, as sessões semanais ocorrerão quartas e quintas às 19h, com ingressos a R$ 30. A temporada vai até 21 de agosto.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O elenco será mantido: Amanda Vides Veras (de “SIM – Senhoras Interessadas em Matrimônio”), Julianne Trevisol (de “Tropicanália”) e Daniel Chagas (de “Homens Gordos de Saia”). Eles darão vida à história de B, transexual assassinado, vítima de intolerância e preconceito. A trama é inspirada no crime real americano de 1993, que também gerou o filme “Meninos Não Choram” (que rendeu o Oscar à Hilary Swank).

Resenha: “Uma Vida Boa” reflete intolerância contra transexuais com crueza

Na peça, B foi criada como menina pela família, e mudou de cidade para assumir sua identidade masculina. Em sua nova vida, apaixona-se pela cantora L e faz vários amigos, inclusive seu futuro assassino. Para viver o protagonista, Amanda Vides Veras ganhou massa muscular, parou de fazer as sobrancelhas e as unhas, e cortou o cabelo bem curto.

Comentários

comments