Plantão

Veja oito musicais que entram em cartaz neste mês no Rio

O Rio de Janeiro não tem “Les Misérables” (em cartaz em São Paulo), mas está cheio de opções para os fãs de teatro musical. Em março, “60 – Década de Arromba – Doc. Musical”, em cartaz no Theatro Net Rio desde 2016, ganha a companhia de mais oito espetáculos do gênero na programação. Há duas estreias nacionais, dois musicais inéditos no Rio e quatro reestreias. Confira!

4 Faces do Amor


Reestreia. Com Amanda Acosta, André Dias/Carlos Arruza, Raul Veiga e Sabrina Korgut.
Vencedor do Prêmio Bibi Ferreira de melhor autor (Eduardo Bakr), o espetáculo conta com músicas de Ivan Lins para contar a história de amor de Duda e Cacau, representados por quatro atores. Golpes do destino, ciúme exagerado, fetiches, alegrias, o inusitado e cenas de paixão perpassam um interessante jogo de gêneros. Direção de Tadeu Aguiar.

______
SERVIÇO: sex a seg, 20h. R$ 50. 90 min. Classificação: 10 anos. Até 3 de abril. Teatro Glaucio Gill – Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana. Tel: 2332-7902.


Um Amor de Vinil


Estreia no Rio. Com Françoise Forton e Maurício Baduh.
Com 21 canções populares, o espetáculo mostra a aproximação de um homem e uma mulher por conta de um interesse em comum: a música. Amanda é dona de uma loja de discos de vinil e Maurício é um dos seus clientes mais fiéis. Texto de Flávio Marinho, com direção de André Paes Leme.

_____
SERVIÇO: sex e sáb, 20h; dom, 19h. R$ 10 (ensaio aberto nos dias 11 e 12) ou R$ 40 (balcão) e R$ 50 (plateia) nos demais dias. Classificação: 12 anos. Até 26 de março. Imperator – Rua Dias da Cruz, 170 – Méier. Tel: 2597-3897.


Beatles Num Céu de Diamantes


Reestreia. Com Alessandra Verney, Chris Penna, Estrela Blanco, Ivanna Domenyco, Jules Vandystadt, Lui Coimbra, Malu Rodrigues, Naife Simões, Pedro Sol e Rodrigo Cirne.
Visto por mais de 700 mil espectadores, musical estreou em 2008 e nunca mais saiu de cartaz. De volta à cidade onde iniciou sua carreira, o espetáculo conta com elenco reformulado. É definido como uma revista musical com a obra dos Beatles: sem um enredo único, mas apontando diversas histórias e situações ao tratar do repertório da banda de rock com teatralidade. Direção de Charles Möeller e Claudio Botelho.

_____
SERVIÇO: ter e qua, 21h. R$ 50 (balcão II) até R$ 100 (plateia e frisas). 90 min. Classificação: livre. Theatro Net Rio – Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana. Tel: 2147-8060.


Cartola – O Mundo É um Moinho


Estreia no Rio. Com Flávio Bauraqui, Vírginia Rosa, Hugo Germano, Adriana Lessa, Silvetty Montilla, Augusto Pompêo, Edu Silva, Renata Vilela, Ivan de Almeida, Larissa Noel, Lu Fogaça, Andrea Cavalheiro, Grazzi Brasil, Flávia Saolli, Paulo Américo, Gabriel Vicente , Rodrigo Fernando e André Muato.
Após reunir 27 mil espectadores em 30 apresentações em São Paulo, o musical, escrito por Artur Xexéo e dirigido por Roberto Lage, desembarca no Rio. O espetáculo utiliza o contexto de uma escola de samba para repassar a história do compositor, fundador da Mangueira. De bônus, a peça ainda conta com um samba-enredo exclusivo, assinado por Arlindo Cruz e Igor Leal.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 19h; dom, 17h. R$ 70 (qui e sex) e R$ 80 (sáb e dom). 150 min. Classificação: 12 anos. De 16 de março até 28 de maio. Teatro Carlos Gomes – Praça Tiradentes, s/n – Centro. Tel: 2224-3602.


Chica da Silva, o Musical


Reestreia. Com Vilma Melo, Antônio Carlos Feio, Ana Paula Black, Luciana Victor e Tom Pires
O musical que rendeu indicações aos prêmios Shell, Botequim Cultural e Cesgranrio para a atriz Vilma Melo volta aos palcos. No espetáculo, além de contar a história da personagem-título – escrava alforriada com uma vida de luxo – a dramaturga Renata Mizrahi cria três planos diferentes para tratar do espaço da mulher negra na sociedade. Direção de Gilberto Gawronski.

_____
SERVIÇO: qui e sex, 19h30; sáb, 19h. R$ 40. 70 min. Classificação: 16 anos. Até 8 de abril. Teatro Sesi – Avenida Graça Aranha, 1 – Centro. Tel: 2563-4168.


Deixa a Dor Por Minha Conta


Estreia nacional. Com Ivan Vellame, Lu Vieira, Clara Santhana, Gustavo Ottoni, Sophia Dornellas, Rômulo Weber, Júlia de Aquino e Hamilton Dias.
Homenagem à obra de Sidney Miller, compositor esquecido da MPB, que morreu aos 35 anos, com quatro álbuns lançados. Sua trajetória é resgatada de modo não-biográfico por meio da história de um folião que pensa em desistir da vida diante da dureza da vida. Texto de Hugo Sukman e Marcos França, que assina a direção.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 20h30; dom, 19h. R$ 25 (ou R$ 6 para associados SESC). 90 min. Classificação: 14 anos. Até 9 de abril. Arena SESC Copacabana – Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana. Tel: 2547-0156.


Satã, um Show Para Madame

Reestreia. Com Leandro Melo.

Madame Satã, figura emblemática da boemia carioca, é revisitada nesse monólogo musical, baseado em duas entrevistas publicadas em 1971 pelo jornal O Pasquim. Na história, um artista mergulha em uma pesquisa profunda e obcecada por esse personagem – que foi, ao mesmo tempo, uma travesti e o maior malandro de todos os tempos. Sambas marcam esse musical, dirigido por Edio Nunes.

_____
SERVIÇO: sáb e dom, 20h. R$ 30. Até 26 de março. Teatro Cesgranrio – Rua Santa Alexandrina, 1011 – Rio Comprido. Tel: 2103-9682.


Vamp – O Musical


Estreia nacional. Com Ney Latorraca, Claudia Ohana, Evelyn Castro, Claudia Netto, Luciano Andrey, Erika Riba, Pedro Henrique Lopes, Xande Valois, Livia Dabarian, Thadeu Matos, Osvaldo Mil, Gabriella Di Grecco, Oscar Fabião, Mariana Cardoso, Duda Santa Cruz, Daniel Brasil, Rafa Mezadri, Talita Real, Mariana Gallindo, Lana Rodhes, Laura Ávila, Carol Costa, Carol Botelho, Jessica Gardolin, Renan Mattos, Lucas Nunes, Matheus Paiva, Leonardo Senna, Franco Kuster, Murilo Armacollo, Gustavo Della Serra, Marina Mota, Gabriel Querino, Andressa Tristão e Leonardo Rocha.
Novela de 1991 ganha adaptação para o teatro musical – com os mesmos autor (Antonio Calmon), diretor (Jorge Fernando) e protagonistas (Claudia Ohana e Ney Latorraca). Para reviver a comédia de terror de vampiros, o espetáculo terá músicas inéditas compostas por Tauã Delmiro e Tony Lucchesi, além de “Noite Preta”, “Sympathy For the Devil”, “Thriller”, “Gita”, “Felicidade Urgente” e “Doce Vampiro”.

_____
SERVIÇO: qui e sex, 20h30; sáb, 16h30 e 20h30; dom, 18h. R$ 50 a R$ 130 (qui e sex); R$ 50 a R$ 150 (sáb, 16h30 e dom); R$ 50 a R$ 180 (sáb, 20h30). 120 min. Classificação: livre. De 17 de março até 4 de junho. Teatro Riachuelo – Rua do Passeio, 38 – Cinelândia. Tel: 3005-3432.

Comentários

comments