(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
A atriz Lilia Cabral (de “Maria do Caritó”) está acertando a agenda para tirar do papel seu próximo projeto no teatro – uma adaptação do livro “Ainda Estou Aqui”, do escritor Marcelo Rubens Paiva. Ela quer começar o processo criativo neste ano, ao lado do diretor Sérgio Módena (de “Ricardo III”), com intuito de estrear em 2018. “Esse ano está complicado de tempo para mim, porque vou fazer uma novela e o filme de ‘Maria do Caritó’”, explica ao Teatro em Cena. Questiona sobre detalhes da peça nova, como nomes no elenco, a atriz desconversa: “ainda não sei, é cedo para falar”.

A obra de Marcelo Rubens Paiva, publicada em 2015, conta a história de sua família, elucidada pela Comissão da Verdade. Seu pai, o deputado federal Rubens Paiva, foi cassado, preso, torturado e assassinado por militares em 1971, durante a ditadura militar. O “desaparecimento” só foi explicado em 2015.

No livro, o escritor foca a narrativa em sua mãe, Eunice Paiva, que teve se reinventar sem o marido. Criando os cinco filhos sozinha, ela voltou a estudar, se tornou advogada e defensora dos direitos indígenas – até ter que enfrentar sua última luta: contra o Mal de Alzheimer. É a personagem que caberá à Lília Cabral.