Agora vai! O filme “Lua de Cristal”, que levou cinco milhões de espectadores aos cinemas em 1990 e se tornou o maior sucesso de Xuxa Meneghel, vai virar musical de teatro. O Ministério da Cultura (MinC) autorizou a produtora Mãe Joana a captar R$ 2,8 milhões via Lei Rouanet para levantar o projeto. Procurada pelo Teatro em Cena, a produtora prefere não fazer quaisquer declarações neste momento, antes da captação, mas o projeto registrado no MinC traz várias informações sobre o espetáculo.

(Foto: Divulgação)

A ideia de levar o filme para os palcos é da Ideiax Publicidade, parceira da Mãe Joana na empreitada. Juntas, elas planejam temporadas de 16 apresentações no Rio de Janeiro e mais 16 apresentações em São Paulo. Por conta da imprevisibilidade do tempo necessário para captar o orçamento com potenciais patrocinadores, os produtores preferem não falar em previsão de estreia. Mas algo que fazem questão é que todas as apresentações atendam à lei da acessibilidade, com intérprete de libras, audiodescrição, material gráfico em braile e equipe de produção capacitada para receber pessoas com deficiência.

Cultuado até hoje, “Lua de Cristal” é livremente inspirado em “Cinderela” e conta a história da jovem Maria da Graça (Xuxa), que deixa a casa da mãe no interior em busca da realização de seu sonho na cidade grande: estudar canto. No Rio de Janeiro, é hospedada pela Tia Zuleika (Marilu Bueno) e os primos Mauricinho (Avelar Love) e Lidinha (Júlia Lemmertz), que a tratam como empregada. Disposta a enfrentar os obstáculos e não desistir, ela conta com o incentivo de Bob (Sérgio Mallandro), seu príncipe encantado atrapalhado. O filme, que conta também com as paquitas e os paquitos, foi escrito por Carlos Alberto Diniz e Luís Carlos Góes, com direção de Tizuka Yamasaki. Além da música-título, a trilha conta com canções como “Verde Que Te Quero Verde”, “Contos de Fadas”, “Mangas de Fora”, “Chá com Porradas”, “Dança da Vida”, entre outras.

O espetáculo terá texto de Herton Gustavo (de “Amores Flácidos”, peça publicada), direção geral de Marcos Nauer (de “Um Amigo Diferente?”) e direção musical de Tony Lucchesi (de “60! Década de Arromba – Doc. Musical”), de acordo com o projeto apresentado ao MinC. Serão oito atores no elenco principal (Maria da Graça, Bob, Seu Bartô, Lidinha, Mauricinho, Tia Zuleika e Professor Uirapuru) e mais oito como paquitos e paquitas, além de seis músicos. Três atores já estão escolhidos. Yasmin Holanda (de “Relaxa Que é Sexo”) fará Maria da Graça; Zé Junior (de “Era Uma Vez Cinderela…”) será Bob; e Arthur Ienzura (de “O Musical Mamonas”) foi convidado para fazer o vilão Mauricinho. Os demais serão escolhidos em audições.

Yasmin e Zé já participaram de outro projeto que levou “Lua de Cristal” para o teatro. Eles chamaram atenção – ela como paquita, ele como Bob – em uma montagem acadêmica e sem fins lucrativos dirigida por um aluno da UNIRIO em 2015. O projeto fez bastante barulho na Internet. O novo espetáculo, assinado pela produtora Mãe Joana, não tem nada a ver com o anterior. “A produtora me ligou e me convidou para dar vida ao Bob novamente”, Zé Junior conta ao Teatro em Cena, “foi linda a forma como o convite foi feito e estou mega honrado”.

Yasmin de Holanda e Zé Junior: Maria da Graça e Bob (Fotos: Aline Acioli)
Arthur Ienzura: Mauricinho (Foto: Diego Duarte)