O casal Paulo Verlings e Carolina Pismel, que pôde ser visto junto em “Beije Minha Lápide” (2014), entre outros espetáculos, vai voltar a contracenar em março. Eles compõe o elenco de “A Peça Escocesa”, de Marcia Zanelatto (a mesma de “ELA”). A direção será do próprio Paulo, pela primeira vez se autodirigindo. “Eu pensei ‘se eu terceirizar a direção, posso me frustrar’, porque já tinha muita coisa de estética e da proposta na minha cabeça. Decidi fazer essa loucura, mas não sei se arrisco de novo, não. Está sendo uma viagem enlouquecida”, ele diz ao Teatro em Cena.

(Foto: Leonardo Torres)

O espetáculo é livremente inspirado em “Macbeth”, de William Shakespeare (1564-1616), sem obrigação de recriar ou contar a história britânica. Ela serve de referência para uma obra original. A dramaturgia tem sido desenvolvida junto com o espetáculo em três meses de processo criativo. A longa parceria do casal, integrantes da Cia. Teatro Independente, ajuda a agilizar o trabalho. “Ele me pede algo e eu consigo fazer mais rápido do que seria com outro diretor, porque já temos uma coisa de linguagem, de comunicação”, conta a atriz, “a gente vai para casa e o ensaio não acaba, né? Porque a gente só fala disso, vive isso”.

Será a primeira vez que Carolina e Paulo dividirão palco desde que tiveram um filho, Tomé, prestes a completar dois anos de idade. Eles também estão experimentando uma nova logística para dar conta do trabalho e do menino. “Tem que deixar a criança na escola, ensaiar exatamente no período em que ele está na escola, sair do ensaio e correr para pegá-lo na escola… tem que se dividir. É tudo muito novo”, conta Paulo. A parceira completa: “mas está sendo uma delícia. É uma loucura boa. A gente vive isso mais a maternidade”.

A estreia está marcada para 3 de março no Rio de Janeiro, em teatro a ser divulgado.