O apresentador e empresário Silvio Santos pode virar tema de um musical teatral. Existe um projeto intitulado “Silvio Santos – O Musical”, autorizado pelo Ministério da Cultura (MinC) a captar R$ 6,7 milhões via Lei Rouanet. O orçamento pagaria a montagem do espetáculo e toda equipe, incluindo músicos, bailarinos, atores e cantores. A produção é da Confraria de Artistas. A direção ficará a cargo de Diogo Villa Maior (de “A Jornada de Kim”), com direção musical de Cris Dellano (de “Jacinta”).

(Foto: Divulgação)

O projeto tem idealização e roteiro de Judson Feitosa, o mesmo que tenta emplacar “Lava Jato – O Musical”. O musical de Silvio Santos, no entanto, tem um apelo maior: ele é considerado o maior comunicador da TV brasileira, querido pelas massas. Dono de seu próprio canal, o SBT, Silvio – ou Senor Abravanel – começou como camelô no Rio de Janeiro. “O enredo dignifica a capacidade que Senor Abravenel teve de aproveitar as oportunidades para melhorar sua condição de vida e de sua família”, diz o texto apresentado ao MinC.

O espetáculo pretende usar sucessos dos anos 1940 e 1950 para contar essa história. Por enquanto, nenhum nome foi divulgado para o elenco. Coadjuvantes serão escolhidos em audições. O musical não tem data de estreia definida, mas a previsão é para temporadas no Rio de Janeiro e em São Paulo.

ENQUANTO ISSO, NO CINEMA…

A produtora Paris Entretenimento adquiriu os direitos do livro “Silvio Santos – A Biografia” (2017), de Marcia Garcia e Anna Medeiros, para desenvolver um filme contando a biografia do apresentador. As filmagens são previstas para 2019, mas Silvio ainda não deu sua benção. Tem tudo para se tornar um projeto não-autorizado.