(Foto: Nana Moraes)

Estreia nesta semana a terceira colaboração da atriz Renata Sorrah com a Cia. Brasileira de Teatro. Depois dos elogiados “Esta Criança” (2012) e “Krum” (2015), ela chega aos palcos cariocas com “Preto” – espetáculo que também traz Grace Passô (de “Krum”) e mais quatro atores no elenco. A temporada será de 11 de janeiro até 11 de março no Teatro 3 do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), o Centro, com ingressos a R$ 20. Detalhe: no meio da temporada, haverá uma pausa entre 21 de janeiro e 7 de fevereiro para a turnê europeia do grupo. Sucesso, né.

O espetáculo, que já foi apresentado em São Paulo, acompanha a fala pública de uma mulher negra em uma espécie de conferência sobre racismo, desigualdade e realidade dos negros. Para o diretor Marcio Abreu, não é uma peça somente sobre racismo, como pode indicar o título. É sobre diferenças. “É uma peça criada a partir de perspectivas de pensar a coexistência, a afirmação das diferenças. É uma obra sobre ela mesma, que se articula com autonomia promovendo possibilidades de leitura, fazendo emergir um leque de assuntos e temas diversos. Diante do que transforma o mundo, eu respondo artisticamente”, diz o diretor, que divide a autoria do texto com Grace Passô (premiada por “Vaga Carne”) e Nadja Naira (da adaptação de “Krum”).

Serviram de referência para a dramaturgia a obra do abolicionista Joaquim Nabuco, o livro “A Crítica da Razão Negra” de Achille Mbembe e textos de Frantz Fanon, de Ana Maria Gonçalves e Leda Maria Martins. De acordo com Grace Passô, a peça foi desenvolvida ao longo dos ensaios, como resultado de conversas e estudos. “A gente ensaiava, abria os ensaios para o público acompanhar e conviver com a gente dentro da sala de ensaio e conversávamos com esse público tentando entender outras perspectivas daquilo que estava sendo criando ali”, relembra a artista.

_____
SERVIÇO: qua a dom, 19h30. R$ 20. 90 min. Classificação: 14 anos. De 11 até 21 de janeiro / De 7 de fevereiro até 11 de março. Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro. Tel: 3808-2020.