O Teatro em Cena descobriu o primeiro nome confirmado no elenco da montagem brasileira de “Pippin”, musical da Broadway que ganha assinatura de Charles Möeller e Claudio Botelho no país. A atriz Totia Meireles, estrela de “Company” (2001), “Cristal Bacharach” (2004), “Gypsy” (2010), “Nine” (2015) e “Cinderella” (2016), será a mestre de cerimônia, papel central no espetáculo. Na Broadway, o personagem rendeu o prêmio Tony de melhor ator para Ben Vereen na montagem original de 1972 e o de melhor atriz para Patina Miller na remontagem de 2013.

(Foto: Divulgação)

O/a mestre de cerimônia conduz toda a história, como uma espécie de narrador(a). A personagem lidera uma trupe de artistas que conta a trajetória de amadurecimento do jovem Pippin, filho do rei Carlos Magno. Já houve uma montagem no Brasil em 1974, dois anos após a estreia na Broadway. Coube a ninguém menos que Marília Pêra (1943-2015) o papel que agora será de Totia Meireles. A atriz começou a ensaiar nesta semana, junto com o restante do elenco – ainda mantido em sigilo.

– Danço muito em “Pippin”. Faz tempo que não faço musical que eu dance. Antes só interpretava e cantava. Esse tem coreografias, então vou poder fazer as coisas bem equilibradas. Tem bastante texto, bastante canto e bastante dança, então estou muito feliz. É um projeto que a gente tem há mais de cinco anos. Agora vai! – comemora a atriz – Charles Möeller e Claudio Botelho são meus ídolos. Tudo que eles me chamam, eu não quero nem saber o que é, porque sei que vai ser bom. Eles têm uma qualidade muito boa em tudo que escolhem, tudo que escrevem, tudo que fazem. Para quem faz musical, é o que a gente quer.

As audições para seleção do elenco de “Pippin” ocorreram em maio. As redes sociais de Möeller e Botelho mostraram um pouco dos bastidores. Nomes como Guilherme Logullo (de “Kiss Me, Kate”), Larissa Landim (de “Ou Tudo Ou Nada”), Lana Rhodes (de “Ayrton Senna – O Musical”), Leilane Telles (de “Musical Popular Brasileiro”) e Rodrigo Morura (de “60! Década de Arromba”) apareceram em um vídeo dos testes, cantando a versão brasileira de “Magic To Do”, uma das canções do musical. A estreia do espetáculo está marcada para agosto.