Mateus Solano, Miguel Thiré e Marcos Caruso vão unir forças para salvar o Teatro do Leblon por pelo menos mais um mês. O trio fará uma temporada compartilhada das peças “Selfie” e “O Escândalo Philippe Dussaert” no mês de julho – quando a administração do teatro pretendia fechar suas portas por falta de produções rentáveis. A temporada garantirá o funcionamento do teatro até 30 de julho. Ambos os espetáculos têm histórico de sucesso de público, com salas cheias e temporadas prorrogadas por onde passaram. “Selfie”, inclusive, ficou em cartaz em 2015 nas duas salas que seriam fechadas: a Fernanda Montenegro e a Marília Pêra. Vale destacar que Miguel Thiré é neto de Tônia Carrero – que dá nome a terceira sala do teatro, inativa há mais de um ano por corte de custos.

Marcos Caruso, Miguel Thiré e Mateus Solano em divulgação de “Selfie” (Foto: Reprodução)

O produtor Carlos Grun, por trás das duas montagens, explica que a temporada de julho não tem patrocínio ou subvenção de espécie alguma: é um ato de resistência. A produção e o elenco querem chamar a atenção para o estado de socorro que a cultura se encontra no Rio de Janeiro, em especial o teatro. Cerca de 30 salas de teatro foram fechadas nos últimos anos. “A idéia é repensar os caminhos do fazer teatral na cidade. Rediscutir formatos de temporada, buscar uma readequação diante da ausência do poder público. Estamos todos no mesmo barco e não podemos deixá-lo afundar. Essa temporada compartilhada, de apenas um mês, é uma iniciativa, um primeiro passo, uma retomada de consciência e quem sabe um exemplo para que, pelo menos no curto prazo, a chama fique acesa e não percamos mais duas salas. Que outros artistas sigam esse caminho, que outros teatros se readequem às possibilidades escassas que o mercado oferece. É o nosso grito de ‘sim’ – temos boas peças, sim, temos grandes atores, sim, temos boas salas, sim, o teatro carioca está vivo e precisamos do público comparecendo e apoiando”, afirma Grun.

A bomba do fechamento do Teatro do Leblon veio na sequência do incêndio no Teatro Clara Nunes e do fechamento do Teatro do Saara. Wilson Rodriguez, proprietário do Teatro do Leblon, conta que amarga um prejuízo de R$ 6 milhões com a manutenção das salas nos últimos anos. Só de condomínio, são R$ 30 mil por mês. Com a crise econômica, o público não tem comparecido e as peças não tem dado lucro. Por isso, ele queria fechar as portas com o fim da temporada de “E Se Eu Não Te Amar Amanhã?”, que tem Luana Piovani no elenco. Segundo ele, nem a presença da estrela foi garantia de público: a média de espectadores pagantes tem ficado abaixo da metade da capacidade da sala.

Wilson só vai abrir o Teatro do Leblon de agora em diante para produções com alto potencial comercial. A temporada do musical teen “Tutti Frutti” foi encurtada até 2 de julho, e a estreia de “O Garoto da Última Fila” está suspensa. Mateus Solano e Marcos Caruso, ambos no ar na novela das 21h da TV Globo, têm esse potencial. Mas o público tem que comparecer mesmo.

“O Escândalo Philippe Dussaert”: primeiro monólogo de Marcos Caruso está com ingressos populares (Foto: Divulgação)

“Selfie” conta a história de um homem superconectado na Internet (Mateus Solano), que se vê sem passado e sem memória quando fica sem redes sociais e acervo na nuvem. O espetáculo levanta questões sobre vício e mau e bom uso do ciberespaço como ferramenta. É um sucesso desde 2014, e tem direção de Marcos Caruso.

Já em “O Escândalo Philippe Dussaert”, Marcos Caruso está em cena – em seu primeiro monólogo. A peça, escrita por um francês, ganhou o troféu de melhor espetáculo no Prêmio do Humor e rendeu os prêmios Shell, APTR, Cesgranrio e Botequim Cultural de melhor ator para o intérprete. A história gira em torno de um pintor que decidiu expor o “nada”, uma obra conceitual e imaterial que foi adquirida por milhões. A direção é de Fernando Philbert.

_____
O ESCÂNDALO PHILIPPE DUSSAERT: sáb, 21h30. dom, 20h. R$ 80. 80 min. Classificação: 12 anos. De 8 até 16 de julho. Teatro do Leblon – Sala Marília Pêra – Rua Conde de Bernadote, 26 – Leblon. Tel: 2529-7700.

_____
SELFIE: sáb, 21h30. dom, 20h. R$ 80. 70 min. Classificação: 14 anos. De 22 a 30 de julho. Teatro do Leblon – Sala Marília Pêra – Rua Conde de Bernadote, 26 – Leblon. Tel: 2529-7700.