A atriz Angela Vieira (de “O Matador de Santas”) estreia nesta semana o espetáculo “Santa”, que marca seu retorno aos palcos quatro anos após seu último trabalho. A temporada será no Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, e retoma a parceria dela com o ator e diretor Guilherme Leme Garcia (de “O Matador de Santas”), que se divide entre as duas funções neste projeto, idealizado por ele. Em cena, os dois fazem uma grande performance de dança e interpretação, para contar a história de uma mulher que quer se reinventar após a perda de um grande amor.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O processo colaborativo marca o desenvolvimento da peça. Angela e Guilherme queriam trabalhar juntos de novo e convidaram o dramaturgo Diogo Liberano (de “O Narrador”) para escrever o texto. Ele, por sua vez, chamou a coreógrafa Luar Maria, que também é parte fundamental da criação do espetáculo. A dança faz parte do fio condutor da trama. Angela, que foi bailarina do Corpo de Baile do Municipal, queria explorar esse lado em cena. “O Diogo, sempre que visitava a sala de ensaio, pedia para ver o solo dela e, a partir do que via, gerava modificações no texto que estava escrevendo”, conta Luar.

O mote de “Santa” é a solidão, não vinculada fundamentalmente à ideia de tristeza, mas a de agir livremente como quando ninguém nos vê. O título se refere justamente ao espaço sacro onde a protagonista não quer se colocar. Ela abdica de uma relação em prol de sua busca interior e se vê inerte, parada, sozinha, feito santa no altar. Um dos trechos do espetáculo diz: “fui embora porque precisava me encontrar”.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

_____
SERVIÇO: sáb, 21h; dom, 19h. R$ 40. 60 min. Classificação: livre. Até 4 de outubro. Espaço Tom Jobim – Jardim Botânico – Rua Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico. Tel: 2274-7012.