O ator Johnny Ferro, em cartaz com o espetáculo “O Olho Azul da Falecida”, foi escolhido para ser embaixador da doença inflamatória intestinal, conhecida como DII, Colite Ulcerativa e Crohn. Portador da enfermidade, ele será nomeado em um evento da Associação Mineira dos Portadores de Doenças Inflamatórias Intestinais (AMDII) no dia 1º de agosto, em São Paulo. A conferência reunirá portadores da doença para troca de informações sobre diagnóstico, tratamento, e acesso aos medicamentos.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

– Para mim, é muito difícil e delicado assumir essa doença por eu trabalhar com a minha imagem, mas eu preferi deixar a vaidade de lado e aceitar o convite da Patrícia Mendes (Presidente da AMDII) para ser o Embaixador dos portadores no Brasil. – diz Johnny Ferro, em mensagem enviada à imprensa – Vai ser por uma boa e enorme causa! Minha expectativa é fazer com que os portadores aceitem a doença, deixando de se esconder e mostrar que podemos sim ter uma vida saudável. Hoje a doença não me impede de fazer nada, absolutamente nada. Eu digo que a DII vive em mim. Mas eu não vivo pra ela. Nossa maior fraqueza está em desistir.

A Doença de Crohn é caracterizada pela inflamação crônica de uma ou mais partes do tubo digestivo, desde a boca, passando pelo esôfago, estômago, intestino delgado e grosso até o reto e o ânus. Seus sintomas são diarreia, estenose, fístula, má absorção e necessidade de ressecções cirúrgicas. A piora na qualidade de vida é uma questão para os pacientes e, no ano passado, Giovanna Lancellotti (de “Pequeno Dicionário Amoroso”), que não é portadora da doença, aceitou gravar um vídeo demonstrando na prática essa situação. Confira: