Completando um ano de atividades, o Coletivo Lá Vai Maria vai comemorar seu aniversário com o Festival de Artes Integradas no domingo (1º/2). Mais do que diversificado, o evento terá de grito de carnaval a encenações teatrais, e de homenagem a Iemanjá a “repente poético com violino”. Tudo embalado por uma grande festa cheia com DJs na Casa do Mundo*, na Ilha do Ipê. Um dos destaques será o ensaio aberto da peça “Hugo e Simão”, com Eduardo Landim (de “Ópera do Malandro”) e Bruna Trindade, e a apresentação de “O Desbunde”, espetáculo criado pelo próprio coletivo.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Além disso, Leandro Léo, Aureo Gandur, Bianca Godoi, Federico Puppi, Mayam Rodilhano e Tomaz Lenz vão tocar para os presentes. A ideia do coletivo é revitalizar o movimento cultural na Barra da Tijuca, bairro que sediará grande parte das Olimpíadas de 2016. A escolha da Casa do Mundo se deve ao contraste de sua paisagem natural com o concreto enraizado na Barra.

Formado por sete jovens artistas e produtores, o Lá Vai Maria também já fez “aparições” no Flamengo, na Lapa, no Catete e em Botafogo. Seus eventos costumam reunir de 300 a 350 interessados em diferentes manifestações culturais. São oito horas de programação, com poesia, dança, performance, teatro, música, circo e artes plásticas. Para participar do festival no domingo, a entrada custará R$ 15 e a doação de um livro.

10959135_779202695493727_1815031536_n

*Fica na Av. Armando Lombardi, n° 800, Ilha do Ipê – Barra da Tijuca.