(Foto: Manu Libman)

Espectadores e atores misturados em uma festa: todos, de alguma maneira, são personagens. Essa é a proposta de “Baladas”, da Cia. Volante, que faz apresentações de quinta (1º/11) a sábado (3/11) no Espaço Montagem, no Centro. O trabalho é definido como uma “performance-festa”, uma “experiência imersiva”, que joga com realidade e ficção ao mesmo tempo. “As pessoas podem esperar um espetáculo divertido, crítico e bastante estranho, que as desloque de uma imersão festiva a uma suspensão espectatorial (e vice-versa), provocando seus sentidos temporais, sensoriais e narrativos. E bastante cerveja também”, o diretor Julio Castro diz ao Teatro em Cena.

Ele se inspirou no álbum “Murder Ballads”, da banda de rock Nick Cave and the Bad Seeds. Em tradução livre, são baladas de assassinatos. Quem dá vida às histórias são os atores Ian Calvet, Isabel Sanche, Manuela Libman e Victor Newlands. O espetáculo acompanha quatro criaturas nesta festa, sempre interessado em provocar os sentidos do espectadores-participantes. “Baladas” já foi apresentado duas vezes em 2015 e agora está ainda mais envolvente e adaptado para a realidade brasileira e carioca.

(Foto: Manu Libman)

– A maioria dos retornos que eu tive foram de pessoas se sentiram imersas em um universo perverso onde conviviam os personagens, e que achavam interessante a utilização expandida da espacialidade do ambiente. Porém, algumas críticas surgiram porque nós divulgávamos como uma peça-festa, mas a festa acontecia mais entre o personagens que entre a relação cena-plateia. Isso fez com que repensássemos essa imersão em um ambiente de festa que ainda mantivesse sua perversidade. – conta o diretor.

Outra mudança proposta por Julio nesta reestreia diz respeito ao tratamento da violência em cena. Está pegando mais leve. “Essa motivação se deu principalmente por conta dos últimos acontecimentos, como a execução de Marielle [Franco] e Anderson [Gomes] e o crescimento de um discurso de violência por parte da extrema-direita”, diz. Os discursos, antes mais explícitos, agora se apresentam mais diluídos na sexualidade.

_____
SERVIÇO: qui a sáb, 19h. R$ 10 (valor sugerido). 180 min. Dias 1, 2 e 3 de novembro. Espaço Montagem – Rua Pedro I, 7, 201 – Centro.