Os problemas envolvendo a turnê da peça “A-Traídos” continuam dando o que falar nas redes sociais. Depois do ator Arthur Aguiar anunciar sua saída do elenco, seu colega de cena Bernardo Velasco usou o Instagram para comentar a situação. Em resumo, ele deixou claro que não sabe qual será o futuro da peça – mas que torce para que ela continue. “Nós atores estamos tristes pelo cancelamento da peça no último fim de semana. Não sei se ainda teremos espetáculos pelo Brasil, mas eu de verdade espero que sim! Ainda teríamos muitas cidades para passar e espero que tudo se resolva e continuemos nossa turnê nacional!”.

(Foto: Reprodução / Instagram)
(Foto: Reprodução / Instagram)

Carla Diaz, a terceira integrante do elenco, falou do espetáculo pela última vez há três dias. Ela disse que recebeu um comunicado da produção informando que as apresentações de Salvador haviam sido canceladas: “lamento muito!”. Depois, ela não tocou mais no assunto. O espetáculo também estava com sessões agendadas para Niterói, no próximo fim de semana, mas nada é dito oficialmente.

O Teatro em Cena entrou em contato com a Ferrah Produções, responsável pela peça, que prometeu uma posição até terça (7/4). Enquanto isso, o autor de “A-Traídos”, Pedro Jones, faz várias críticas aos produtores no Instagram – sem esconder que existe um problema claro entre eles. Pedro, no ano passado, era também o diretor do espetáculo, mas foi substituído por Danielle Winits.

“A-Traídos” é uma comédia romântica jovem, que conta a história de um triângulo amoroso entre amigos. O espetáculo estava em turnê nacional, com boa repercussão, até a saída do Arthur Aguiar, que alegou incompatibilidade de agendas no último fim de semana.